Parece que a ressaca pós-pandemia das gigantes da tecnologia está chegando ao fim. Depois de dois anos de desaceleração econômica, a Meta, Microsoft, Amazon e Alphabet (controladora do Google) apresentaram relatórios financeiros com um cenário mais positivo e otimista quanto aos investimentos em inteligência artificial.

Conforme aponta o The Wall Street Journal, a receita média das quatro empresas no último trimestre cresceu 13% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Essa foi a taxa mais alta desde o último trimestre de 2021.

Para quem tem pressa:

  • Grandes empresas de tecnologia estão se recuperando após uma desaceleração de quase dois anos.
  • A receita média dessas empresas aumentou cerca de 13% no último trimestre em comparação com o ano anterior.
  • O lucro líquido e as margens de lucro das quatro empresas de tecnologia atingiram os níveis mais altos em pelo menos 21 meses.
  • Algumas áreas que tiveram melhoria foram publicidade digital, comércio eletrônico e a computação em nuvem.
  • As empresas também estão começando a ter retorno de seus investimentos em inteligência artificial.
  • A Microsoft informou que teve um crescimento de 3 pontos porcentuais em sua receita de computação em nuvem graça a clientes que usam o serviço para disponibilizar produtos de IA generativa.
  • Alphabet e Meta registraram aumento em publicidade e também estão apostando na IA.
  • O lucro da Amazon aumentou três vezes no trimestre de julho a setembro devido ao desempenho das vendas em suas divisões de publicidade e varejo.

Leia mais:

Aumento de custo com IA

As empresas Microsoft e Alphabet aumentaram seus gastos em comparação com o ano anterior. Parte da elevação de despesas se deve à necessidade de construir a infraestrutura tecnológica para o desenvolvimento da inteligência artificial (IA).

publicidade

Apesar da alta, essas empresas conseguiram manter margens de lucro mais elevadas em comparação com o ano anterior, como destacou o analista John Blackledge, da Cowen, para o WSJ.

Investidores não estão exatamente empolgados com a notícia

Mesmo com o cenário positivo, os investidores não têm reagido tão bem aos resultados devido a preocupações com os conflitos no Oriente Médio e às altas taxas de juros.

As ações da Meta caíram após o alerta sobre possíveis impactos da guerra no entre Israel e Hamas em seus gastos com publicidade. Enquanto isso, as ações da Alphabet diminuíram 9% depois da divulgação de seus resultados por causa do crescimento abaixo do esperado em sua divisão de computação em nuvem.

Os relatórios trimestrais positivos de lucros não garantem que todas as empresas do setor estejam em plena recuperação, já que o atual contexto é complexo. É esperado que a Apple, por exemplo, apresente receitas trimestrais um pouco mais baixas, marcando o quarto trimestre consecutivo de declínio. A empresa deve divulgar seus resultados em breve.