Lançado em 1º de julho, pela Agência Espacial Europeia (ESA), o telescópio espacial Euclid teve suas primeiras imagens de teste divulgadas um mês depois (confira aqui). Agora, serão apresentadas as primeiras observações científicas deste equipamento que promete mapear o lado escuro do Universo como nunca antes – e você pode acompanhar essa revelação ao vivo.

Para quem tem pressa:

  • O telescópio espacial Euclid, da Agência Espacial Europeia, foi projetado para investigar o chamado Universo escuro;
  • Ele está posicionado a cerca de 1,6 milhão de km da Terra, no que é conhecido como o segundo ponto de Lagrange (L2) no sistema Terra-Sol (ou seja, entre o nosso planeta e a estrela);
  • Sanados alguns problemas enfrentados na fase de comissionamento, as primeiras imagens científicas da missão serão reveladas esta semana;
  • O evento será transmitido ao vivo nas plataformas digitais da ESA. 

De forma resumida, o propósito desta revolucionária espaçonave é analisar inúmeras galáxias que residem a cerca de 10 bilhões de anos-luz de distância, construindo o mais extenso mapa 3D do cosmos para explorar a composição e a evolução do Universo sombrio (saiba mais detalhes sobre a missão Euclid aqui).

Euclid vai investigar como o Universo se expandiu e como a estrutura em grande escala está distribuída no espaço e no tempo, revelando mais sobre o papel da gravidade e a natureza da energia escura e da matéria escura.

publicidade

Nunca antes um telescópio foi capaz de criar imagens astronômicas tão nítidas em um pedaço tão grande do céu. Cinco imagens mostram que o telescópio está pronto para sua missão de criar o mapa 3D mais extenso do Universo até agora e descobrir alguns de seus segredos escondidos.

Agência Espacial Europeia (ESA), em comunicado.

Como assistir à divulgação das primeiras imagens do telescópio Euclid

Quem estiver interessado em testemunhar este marco na história das observações espaciais deve sintonizar a ESA Web TV no site ou no canal oficial da agência no YouTube nesta terça-feira (7), a partir das 9h15 da manhã (pelo horário de Brasília).

Com previsão de durar 40 minutos, a transmissão ao vivo mostrará cinco capturas hipnotizantes do Universo feitas pelo Euclid. “Vários especialistas nos guiarão pelas imagens e nos contarão sobre a ciência escondida em seu interior”, diz a ESA.

Leia mais:

Durante a live, os cientistas vão responder às dúvidas que forem enviadas pelas redes sociais usando a hashtag #AskESA. Os perfis @ESA_Euclid e @esascience no X (antigo Twitter) também farão parte da cobertura ao vivo do evento, com postagens marcadas pela hashtag #ESAEuclid.

Segundo a agência, um comunicado de imprensa contendo versões em alta resolução de todas as imagens será publicado neste link. O conjunto completo desses registros também ficará hospedado no arquivo de imagens espaciais da ESA.

Observações científicas de Euclid serão divulgadas anualmente

De acordo com a ESA, os dados captados nessas imagens estão sendo analisados pelo Consórcio Euclid. Um artigo científico combinado será publicado no final do ano revelando detalhes sobre as observações iniciais.

As investigações científicas de rotina começam no início de 2024, e os dados que Euclid coletará ao longo de seis anos no espaço serão divulgados ao mundo em lançamentos anuais.