A Amazon anunciou durante o re:Invent, conferência anual do Amazon Web Services (AWS), uma próxima geração de chips destinados ao treinamento e execução de modelos de inteligência artificial (IA). Projetados pela AWS, os novos e poderosos Trainium2 e Graviton4 chegam com maior eficiência energética e devem impulsionar a computação de alto desempenho. 

O que você precisa saber: 

  • O Trainium2 irá oferecer um desempenho 4x mais rápido quando comparado ao seu antecessor. Ele também terá eficiência 2x maior que a versão anterior; 
  • Já o Graviton4 é agora o processador mais poderoso e com maior eficiência energética da AWS. Ele tem uma ampla variedade de cargas de trabalho em nuvem e também se encaixa para uso geral; 
  • Segundo a Amazon, os novos chips permitirão o treinamento de modelos de forma rápida e com menor custo, devido à redução no uso de energia; 
  • A Anthropic já anunciou planos para construir modelos usando chips Trainium2. 

Leia mais! 

O Graviton4, possivelmente o chip de maior destaque, é baseado na arquitetura Arm, mas tem um diferencial de consumir menos energia que os chips Intel ou AMD. A Amazon garantiu que o condutor oferecerá um aumento de 30% no desempenho ao usar o processador incorporado a um modelo de IA treinado.  Ele tem também 50% mais núcleos e 75% mais memória que os processadores Graviton3 da geração atual. 

publicidade

Ao concentrar nossos projetos de chips em cargas de trabalho reais importantes para os clientes, conseguimos fornecer a eles a infraestrutura de nuvem mais avançada. Graviton4 marca a quarta geração que entregamos em apenas cinco anos e é o chip mais poderoso e com maior eficiência energética que já construímos para uma ampla gama de cargas de trabalho. E com o aumento do interesse em IA generativa, a Tranium2 ajudará os clientes a treinar seus modelos de ML mais rapidamente, com menor custo e com melhor eficiência energética. 

David Brown, vice-presidente de computação e rede da AWS, em comunicado oficial

Ambos os chips têm uma versão prévia disponível. Um lançamento mais amplo ao mercado deve ser realizado nos próximos meses. 

Amazon lança IA para empresas 

Apostando alto na IA, a big tech de Jeff Bezos também anunciou o Amazon Q, sua própria inteligência artificial (IA) generativa. O chatbot também foi desenvolvido pela divisão de nuvem da empresa (AWS) e é voltado para corporações e empresas, não havendo planos de lançá-lo para o consumidor comum. Saiba mais aqui

As novidades caem como uma bomba direto na mesa da Microsoft, sua rival no mercado de nuvem empresarial. Os avanços também visam manter seu espaço e minimizar os riscos no que diz respeito aos serviços do Google e Alibaba.