Em abril de 2024, haverá um eclipse solar total – um dos eventos astronômicos mais espetaculares que existem. Na ocasião, o fenômeno poderá ser visto ao longo de uma faixa que abrange três estados do México, 15 dos EUA e quatro do Canadá, de acordo com a NASA.

Na imagem abaixo, vemos o chamado caminho da totalidade, onde a sombra umbral interna da Lua se moverá pela América do Norte. O trecho tem 185 km de extensão por 13 mil km de comprimento, nascendo e morrendo em áreas oceânicas. Conforme se pode observar, a porcentagem de visualização parcial do eclipse vai reduzindo conforme as faixas se distanciam.

O caminho da totalidade do eclipse de 8 de abril de 2024, por estado. Crédito: Michael Zeiler/GreatAmericanEclipse.com

Se você é um apaixonado por este tipo de evento e pretende viajar para observá-lo ao vivo, estes são os destinos adequados:

  • Partes dos estados de Sinaloa, Durango e Coahuila, no México;
  • Texas, Arkansas, Oklahoma, Missouri, Tennessee, Illinois, Kentucky, Indiana, Ohio, Michigan, Pensilvânia, Nova York, Vermont, New Hampshire e Maine, nos EUA;
  • Ontário, Quebec, New Brunswick e Terra Nova no Canadá.

Melhores lugares para ver o eclipse solar total

Segundo o site Space.com, no Texas será possível observar a totalidade do eclipse solar por quase 4,5 minutos, enquanto a duração média no Canadá será de apenas 2,5 minutos. É uma escala deslizante em toda a América do Norte, com a duração máxima diminuindo à medida que a sombra da Lua se move mais rapidamente conforme se desloca para nordeste.

publicidade

Em termos de paisagens, os melhores locais cênicos para o eclipse vão desde as Cataratas do Niágara e o Lago Erie (na fronteira entre os EUA e o Canadá) até Texas Hill Country e Petit Jean State Park, no Arkansas.

Fim de tarde nos Montes Ozarks, no Petit Jean State Park, no Arkansa, EUA, um dos melhores locais para ver o eclipse solar de abril de 2024. Crédito: M.Curtis – shutterstock

Mas, e se o tempo não estiver favorável no local escolhido? A dica é alugar um carro, assim, o transporte entre os pontos mais favoráveis fica mais prático e, se você acompanhar a evolução do clima por aplicativos dedicados, na semana que anteceder o evento já vai dar para ter uma noção e se planejar melhor.

Leia mais:

Cerca de 32 milhões de pessoas vivem dentro do caminho da totalidade – e muitas delas em centros urbanos. Enquanto as vagas em hotéis e pousadas já estão sendo vendidas por preços exorbitantes no Texas Hill Country e no Arkansas (que têm a maior chance de céu limpo), as cidades têm muito mais ofertas.

Grandes cidades como Mazatlan e Torreon (México), Dallas, Indianápolis, Cleveland, Buffalo e Rochester (EUA) e Montreal (Canadá), e dezenas de municípios menores à beira do caminho, podem ser opções de hospedagem mais vantajosas.

Agora, se você não tem condições de viajar para ver o eclipse solar total de perto, não se preocupe. Assim como aconteceu este ano, certamente várias transmissões em tempo real do evento serão feitas pela internet – e você ficará sabendo de tudo aqui, no Olhar Digital.