Fortnite é definitivamente um dos games mais bem-sucedidos da nova geração. O battle royale da Epic Games pode ser jogado em diversas plataformas e chegou à impressionante marca de 44,7 milhões de jogadores em novembro deste ano. Você pode até não jogar, mas sabe o que é.

Leia mais

Na onda desse sucesso – e no embalo de boas adaptações (alô, The Last of Us e One Piece) -, por que não fazer um filme de Fortnite?

Foi justamente o que perguntou o pessoal da canadense Etalk ao diretor de cinema Zack Snyder. E a resposta foi essa aqui:

publicidade

“Mas é claro. Eu até tentei levar umas skins de Rebel Moon (seu novo filme) para o jogo. Fortnite é um mundo incrível e uma distração maravilhosa para mim. É muito legal, e o universo que eles conseguiram criar é algo realmente único. […] Nunca diga nunca, esse é o meu mantra nos negócios”, disse o diretor.

Snyder: ame ou odeie

O cineasta de 57 anos tem um longo currículo de adaptações. Algumas elogiadas pela crítica, como Watchmen (2009), outras massacradas pelo público, como Batman vs Superman (2016).

Snyder também tentou criar um universo expandido da DC nos cinemas… Falhou miseravelmente. Fato é que a Marvel já havia ocupado essa lacuna há muito tempo. Fato também que a própria Marvel parece ter esgotado esse formato e agora sofre com o próprio império que criou. Mas isso é uma discussão para um outro texto.

A impressão sobre um diretor é algo extremamente pessoal. Deixo a seguir uma lista de filmes de Snyder e aí você decide se gosta ou não dele:

  • Madrugada dos Mortos (2004)
  • 300 (2007)
  • Watchmen (2009)
  • A Lenda dos Guardiões (animação de 2010)
  • Sucker Punch (2011)
  • O Homem de Aço (2013)
  • Batman vs Superman (2016)
  • Army of the Dead (2021)
  • Rebel Moon (2023)

Mais sobre Rebel Moon

Rebel Moon é a aposta de Snyder numa nova franquia de sucesso. Com inspiração em clássicos da ficção científica, como Star Wars, a parceria dele com a Netflix aposta em muita ação e num enredo político para ganhar a atenção do público.

A história se passa em um universo tomado por um império fascista. Uma princesa reúne um grupo de rebeldes para tentar tirá-los do poder. Tudo isso com sabres de luz!

Rebel Moon tem no elenco Sofia Boutella (Kingsman e Atômica), Charlie Hunnan (Círculo de Fogo), Cary Elwes (Jogos Mortais), Michiel Huisman (Game of Thrones) e Djimon Hounsou (Diamante de Sangue e Guardiões da Galáxia), e tem roteiro do Snyder e de Kurt Johnson, com quem escreveu 300.

Rebel Moon – Parte 1: A Menina do Fogo chega à Netflix no dia 22 de dezembro (essa próxima sexta).

Rebel Moon – Parte 2: A Marcadora de Cicatrizes chega em 19 de abril de 2024.