Water Cooler é um hardware utilizado para refrigerar o computador para fazer com que o líquido seja distribuído no sistema de tubos e esfriando as partes mais quentes, como a placa de vídeo e o processador. Atualmente, esse é um acessório que vem sendo muito utilizado, mas você sabe as vantagens e desvantagens? Continue a leitura e veja quais são.

Leia mais:

Water cooler: vantagens

Muito utilizado por quem utiliza o PC para jogar ou então em rotinas pesadas, o water cooler possui boa eficiência na dissipação de calor, principalmente em sistemas de alto desempenho.

Outro benefício de optar pela utilização desse dispositivo é que ele costuma ser compacto. Sendo assim, é mais compatível com os diferentes modelos de gabinetes e componentes, se for comparado aos air coolers (sistemas de refrigeração), por exemplo.

publicidade

Mais um ponto positivo é a aparência sofisticada, que inclusive geralmente vem acompanhada com iluminação LEDS RGB, o que valoriza ainda mais a beleza do sistema.

Water cooler: desvantagens

A primeira desvantagem que pode ser apontada é o valor desse hardware, que costuma ser mais caro do que as demais opções para resfriamento dos aparelhos. Além disso, o water cooler precisa de mais manutenção do que os demais itens, já que é necessário verificar o líquido de refrigeração para evitar que ele vaze.

Há também quem aponte que o sistema apresenta bastante falha por conta das suas partes móveis e bombas. Consequentemente, isso faz com que ele tenha menor durabilidade.

Quando usar um water cooler?

Apesar de ter algumas desvantagens, há cenários nos quais o uso desse item é mais indicado. Se você trabalha muito com o computador e exige um alto desempenho do aparelho, ele com certeza vai esquentar mais, por isso, é necessário um hardware mais potente, o que é o caso do water cooler.

Para quem faz overclock para acelerar o processador, assim aumentando as frequências dele, com certeza vai ver que a CPU esquenta mais e novamente, por conta da potência, o water cooler de 360 mm é o mais indicado para ser utilizado em casos que você muda de 100 até 200 Mhz do processador. É importante ressaltar que se a frequência for maior, será necessário usar um hidrogênio líquido.

Se estiver sendo utilizado um resfriador para o seu processador e mesmo assim ele ainda se manter quente, é sinal de que esse equipamento de arrefecimento não está agindo de maneira eficiente para resfriar o PC. Nesse caso, o water cooler pode ser a solução.

E, apesar de não serem exatamente pequenos, o fato do radiador desse hardware ficar quase escondido no lugar de encaixem faz com que somente a bomba, mangueiras e a parte das ventoinhas fiquem a mostra e também sobre mais espaço na parte interna do gabinete.