Ao que tudo indica, o plano de assinatura com suporte para anúncios da Netflix é um sucesso. De acordo com o chefe de publicidade do streaming, Amy Reinhard, a opção já possui mais de 23 milhões de usuários ativos mensais, isso após pouco mais de um ano de seu lançamento. 

O que você precisa saber: 

  • O plano com anúncios da Netflix foi lançado em novembro de 2022 em 12 mercados; 
  • Em novembro de 2023, o nível de assinatura já tinha 15 milhões de usuários ativos mensais; 
  • A nova marca foi anunciada por Reinhard durante a CES 2024, em entrevista à Variety; 
  • A opção chegou como alternativa aos planos básicos sem anúncios, que tiveram seus preços elevados com intuito de reforçar a adesão do nível com publicidade (já que ela gera mais receita). 

Leia mais! 

Dos clientes da Netflix em planos apoiados por anúncios, 85% fazem streaming na plataforma por mais de duas horas por dia. 

Amy Reinhard, chefe de publicidade da Netflix, à Variety na CES 2024. 

Vale destacar que um recente relatório da Insider Intelligence divulgou que a Netflix deve ficar à frente do Disney+ em 2024 no que diz respeito a receita via publicidade. O sucesso, segundo a análise, tem como base os aumentos de preços e a polêmica repressão ao compartilhamento de senhas. Estratégias que de fato atraíram mais espectadores para seu plano com anúncios. 

publicidade

Temos muita sorte de poder ter uma perspectiva de longo prazo sobre isso. A expansão do nosso negócio é absolutamente a nossa maior prioridade neste momento, mas queremos ter a certeza de que estamos fazendo isso de uma forma significativa para os membros. 

Reinhard assumiu as rédeas do negócio de publicidade da Netflix em outubro do ano passado, logo após a saída de Jeremi Gorman, que deixou o streaming após pouco mais de um ano na empresa. 

No Brasil, o plano padrão com anúncios custa R$ 18,90, já o padrão sem anúncios é quase o dobro desse valor. Confira aqui os preços — que tiveram novo reajuste em outubro de 2023.