Depois de alguns meses de espera, a Advanced Micro Devices (AMD) lançou nesta quarta-feira (24) a versão final da sua tecnologia Fluid Motion Frames (AFMF). Ela estava disponível desde setembro do ano passado, mas somente em versão de testes. A partir de agora, não é mais necessário usar o beta para ativar o gerador de quadros de ponta da empresa.

Leia mais

A tecnologia pode ser baixada em driver para quem tiver as GPUs (Unidades de Processamento Gráfico) Radeon RX 7000 e RX 6000, além das Radeon 700M de notebooks – todas da AMD.

O recurso funciona através da ferramenta HYPR-RX e literalmente cria quadros nos games, melhorando muito a geração de FPS, ou seja, os frames por segundo.

publicidade

Um salto de qualidade

Quem só joga pelo console não tem ideia da diferença de uma maior taxa de quadros. Os consoles são padrões, todos iguais. Os PCs, por sua vez, são todos diferentes, rodando jogos em melhor ou pior qualidade, dependendo da potência da sua máquina.

O FPS entra nesse contexto. Ele representa o número de quadros individuais exibidos em um segundo em um jogo ou animação. Cada quadro exibe uma imagem específica, e a velocidade com que esses quadros são reproduzidos cria a ilusão de movimento contínuo para o jogador. Ou seja, quanto maior for o número de FPS, mais suave e fluída será a experiência do jogo.

E a nova tecnologia da AMD promete um salto nesse aspecto.

  • A empresa garante que o Fluid Motion Frames aumenta em até 97% o ganho de FPS em qualquer jogo em DirectX 11 e 12 em resolução 1080p.
  • Basta que você também tenha a tecnologia de upscaling da marca, a FSR 2.
Imagem: Reprodução/AMD
  • Os testes foram conduzidos em jogos como Starfield, The Last of Us Part I, Assassin’s Creed Mirage, Baldur’s Gate 3, Spider-Man: Miles Morales, Call of Duty: Modern Warfare 3, Hogwarts Legacy, Forza Horizon 5, Cyberpunk 2077, Resident Evil 4 e Forspoken.
  • O aumento de desempenho é ainda maior (103%) em jogos rodando em 1440p, com o gerador de quadro ligado e FSR 2 no modo qualidade nos mesmos jogos citados acima.
Imagem: Reprodução/AMD

Resposta à concorrência

O Fluid Motion Frames é uma resposta da AMD ao Frame Generation da NVIDIA, sua principal concorrente.

A principal diferença é que a novidade lançada nesta quarta abrange também GPUs mais antigas, não somente as de última geração, como fez a rival.

As informações são do The Verge.