O Spotify emitiu um comunicado nesta sexta-feira (26) criticando o novo plano de mudanças da Apple para cumprir regulamentações da União Europeia

Entre elas está a chegada de uma nova taxa de instalação que será cobrada para quem planeja oferecer aplicativos para iOS fora da App Store — uma das alterações anunciadas esta semana para atender à Lei de Mercados Digitais da União Europeia (DMA).

publicidade

Leia mais:

Entenda o que aconteceu

  • Previsto para ser implementado em março, a novidade permitirá que usuários dos 27 países da UE e de dispositivos com iOS 17.4 possam instalar uma loja de aplicativo de terceiros no iPhone.
  • Uma nova taxa chamada anunciada pela Apple exigirá que todos os desenvolvedores que usam outras lojas paguem € 0,50 por instalação (após 1 milhão de downloads).
  • O Spotify declarou que o novo imposto prejudicará os desenvolvedores, especialmente aqueles que oferecerem aplicativos gratuitamente. 
  • “Pela nossa leitura da proposta da Apple, um desenvolvedor teria que pagar essa taxa mesmo que um usuário baixasse o aplicativo e nunca o usasse”, disse a empresa.
  • Vale lembrar que além da taxa extra, a Apple também receberá uma comissão de 17% dos desenvolvedores que optarem por usar outros métodos de pagamento.

O serviço de streaming de áudio foi além e chamou a taxa de instalação de “extorsão, pura e simples” para “prender” os desenvolvedores na loja de aplicativos oficial da Maçã. “O próprio Spotify enfrenta uma situação insustentável”, escreveu o CEO do Spotify, Daniel Ek, no X (antigo Twitter). 

publicidade

Com a nossa base instalada da Apple na UE na faixa dos 100 milhões, este novo imposto sobre downloads e atualizações poderia disparar nossos custos, potencialmente aumentando-os dez vezes (…) Sob os novos termos, não podemos arcar com essas taxas se quisermos ser uma empresa lucrativa

Daniel Ek, CEO do Spotify

O que diz a Apple

Em declaração ao The Verge, o porta-voz da Apple, Fred Sainz, disse que “as mudanças para aplicativos na União Europeia dão aos desenvolvedores opções de escolha – com novas opções para distribuir aplicativos (no iOS) e processar pagamentos”.

“Cada desenvolvedor pode optar por permanecer nos mesmos termos em vigor hoje”, acrescentou Sainz.

publicidade

A Apple está enfrentando críticas devido às novas regras. Muitos desenvolvedores ficaram frustrados com as novas taxas. A Comissão da UE afirma que emitirá uma resposta às mudanças da Apple até março, quando os regulamentos entrarem oficialmente em vigor no bloco europeu.