A China continua buscando aprimorar as redes móveis de internet. Na última semana, as autoridades iniciaram os testes com um novo sistema em alguns bairros de Pequim, capital chinesa. O resultado é surpreendente: a nova rede de quinta geração aprimorada foi capaz de atingir velocidades de pico, em campo, dez vezes superiores ao 5G tradicional.

Leia mais

5G aprimorado

  • A ativação da nova rede foi realizada pela China Unicom.
  • O fornecedor é a Huawei
  • A tecnologia, que traz melhorias em relação ao 5G comum, é chamada pelos chineses de 5.5G.
  • No mundo, outros fabricantes, como a Nokia, chamam ela de 5G Advanced.
  • O serviço é considerado um estágio intermediário rumo ao 6G.
  • As informações são do portal Tele.Síntese.
(Imagem: Rodrigo Mozelli (gerado com IA)/Olhar Digital)

Nova rede móvel chinesa

Segundo as autoridades chinesas, três áreas de Pequim já estão cobertas com a nova rede móvel. São elas a Rua Financeira, no centro da cidade, o edifício “Long Distance Call” e o Estádio dos Trabalhadores.

O piloto de 5.5G testará a implantação e uso da tecnologia em situações reais urbanas e servirá de base para a expansão a outros cantos do país.

publicidade

Testes iniciais feitos no último dia 25 de janeiro apontaram taxa de downlink de 10 Gbps no pico, 10 vezes mais alta que o esperado para o 5G Standalone comum. Em média, a conexão estabilizou em 5 Gbps. O uplink atingiu máximas de 4 Gbps.

Não foi informado quanto espectro e quais bandas utilizaram. Desde 2022, a China Unicom é responsável na cidade por uma rede 5G que utiliza 200 MHz de espectro.

Além das velocidades, a nova rede tem, segundo a Huawei, capacidade de coordenar o uso de bandas altas e baixas, tanto indoor, quanto ao ar livre. Com isso, foi capaz de lidar com o handover de equipamentos mesmo em situações de cobertura entrecortada, sem interrupção do serviço.

Os usos imaginados para a tecnologia são 3D sem uso de óculos especiais, transmissão de TV de ultra alta definição, novas aplicações de realidade virtual, aumentada ou realidade estendida.

A China Unicom tinha, em dezembro de 2023, 259,6 milhões de assinantes 5G. É a terceira operadora móvel chinesa, atrás de China Mobile (794 milhões no 5G) e China Telecom (318,6 milhões).