O modelo de produção do “carro voador” Archer Midnight concluiu recentemente a primeira fase de testes de voo. A empresa lançou um novo vídeo celebrando o feito e espera decolar a máquina futurista ainda este ano com pilotos humanos a bordo.

Leia mais:

Os próximos passos do carro voador

Protótipos do Midnight decolaram pela primeira vez no final de outubro passado. A Archer afirma que também já validou a capacidade da fuselagem de decolar, pairar, virar e manobrar como um drone multirotor, se inclinando para acelerar. Veja quais são os próximos passos da aeronave:

Imagem: Divulgação
  • O protótipo está executando e validando as primeiras baterias de alta tensão da Archer, fabricadas em San Jose, Califórnia.
  • Em seguida, ele precisará demonstrar a transição dos modos pairar para cruzeiro, ou seja, inclinando suas seis hélices dianteiras para frente e acelerando para o chamado “modo avião”.
  • Este modo permitirá voar cerca de 160 km por carga a até 241 km/h. O suficiente para realizar voos de curta distância na cidade (de 30 a 80 km por vez).
  • Em um ano, a Archer planeja ter pilotos humanos a bordo e iniciar um rigoroso processo de testes de voo para receber um último certificado da FAA que permitirá que essas aeronaves de próxima geração voem também com passageiros.

A Archer tem como meta iniciar os serviços em 2025, reforçando que os táxis aéreos elétricos e silenciosos estão quase chegando. Assista abaixo o vídeo dos últimos testes de voo do Midnight.

publicidade

Para colocar táxis aéreos elétricos voando comercialmente, a companhia também firmou parceria até com a NASA para estudar e validar a segurança de sistemas de baterias de alto desempenho. A empresa também conta com outros parceiros de peso, como a United Airlines, Boeing e até as forças armadas dos Estados Unidos.

Um acordo firmado com a Força Aérea americana prevê um investimento de US$ 124 milhões e a entrega de seis unidades da aeronave Midninght ainda este ano.