Após a onda de críticas devido à equipe do Oscar não considerar o nome de Margot Robbie para a categoria Melhor Atriz por Barbie, a artista finalmente se pronunciou sobre o assunto. Participando de um painel especial do Screen Actors Guild (SAG) na terça-feira (30), em Los Angeles, a atriz deu a entender que o carinho e reconhecimento vindo do público já eram o suficiente. 

O que aconteceu: 

  • A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas revelou os indicados ao Oscar 2024 em janeiro; 
  • Fãs e todo o mercado cinematográfico esperavam, claro, diversas indicações de Barbie, o líder de bilheteria em 2023; 
  • A produção recebeu oito indicações, mas nenhuma para Robbie, protagonista do filme (em Melhor Atriz), ou Gretta Gerwig, diretora do longa (em Melhor Direção); 
  • Para ‘apimentar’ ainda mais o cenário, Ryan Gosling, o Ken e par romântico da atriz no filme, foi indicado como Melhor Ator Coadjuvante; 
  • A situação causou revolta nos fãs do filme e das artistas, e até certa estranheza no mercado em geral, gerando diversas críticas; 
  • Gosling também falou sobre o caso, demonstrando decepção com a falta das indicações (veja mais abaixo). 

Leia mais! 

Não há como ficar triste quando você sabe que é tão abençoada. As reações das pessoas ao filme são a maior recompensa de toda essa experiência, seja tendo um momento como esse, seja ouvindo nos banheiros, seja vendo o que as pessoas estão escrevendo online, ou mesmo apenas vendo o quanto rosa posso ver nesta sala agora. 

Margot Robbie durante painel especial do Screen Actors Guild (SAG), segundo o Deadline.

A atriz pontuou, contudo, que no caso de Greta, a indicação deveria ter vindo, dada a magnitude da produção, resultado das ideias, visão, intuição e trabalho da cineasta. 

publicidade

Obviamente, acho que Greta deveria ser indicada como diretora, porque o que ela fez foi algo que só acontece uma vez na carreira, uma vez na vida, [e] foi o que ela realmente fez. Mas foi um ano incrível para todos os filmes (indicados). 

Imagem: Divulgação

Para fãs e críticos, o mais interessante da situação com o Oscar é que o filme Barbie, ao contrário do que muitos pensam, não é um filme infantil que retrata uma história ‘a lá Disney’. Embora comercial, a trama se aprofundou na essência e trajetória da boneca, pontuando temas como machismo, patriarcado, igualdade de gênero, feminismo, pressão pelo corpo perfeito e toda a narrativa ligada ao conceito por trás da Barbie e o mundo real. 

Nós nos propusemos a fazer algo que mudasse a cultura, afetasse a cultura, ou apenas causasse algum tipo de impacto. E já fez isso, e alguns, muito mais do que jamais sonhamos que faria. E essa é realmente a maior recompensa que poderia resultar de tudo isso. 

Em nota à CNN, Gosling também comentou a situação. Para ele, “não existe Ken sem Barbie e não existe um filme da Barbie sem Greta Gerwig e Margot Robbie”, tornando a não indicação sem sentido. 

[Essas são] as duas pessoas verdadeiramente responsáveis por esse filme histórico que é sucesso mundial. Nenhum reconhecimento seria possível para ninguém nesse filme sem o talento, coragem e genialidade das duas. 

Ryan Gosling à CNN. 

Barbie, a maior bilheteria de 2023 

Barbie foi o grande protagonista das bilheterias globalmente em 2023. O filme arrecadou 1,4 bilhão de dólares, ultrapassando os US$1,35 bilhão de Super Mario Bros – O Filme. Relembre aqui as grandes bilheterias de 2023! 

Em termos de prêmios e indicações, no entanto, a produção segue perdendo para Oppenheimer — que enfrentou Barbie simultaneamente nos cinemas (o tal Barbenheimer), conquistando o terceiro lugar na bilheteria do ano passado. Veja a lista completa dos indicados ao Oscar 2024.