Aplicativos para orientar pessoas cegas ou com deficiência visual a encontrar utilidades na rua, como pontos de ônibus, já existem, mas têm suas falhas. Por exemplo, se um app estiver desatualizado, pode enviar alguém para o local errado e dificultar ainda mais a localização.

Para resolver esse problema, cientistas do centro de pesquisa e tratamento Olhos e Ouvidos de Massachusetts, uma afiliada de Harvard, desenvolveu um app que usa IA e a câmera do smartphone para guiar a pessoa até o ponto de ônibus.

Leia mais:

App de navegação para pessoas cegas

O All_Aboard, como o app foi batizado, é utilizado em conjunto com outro aplicativo de navegação, como o Google Maps.

publicidade

Entenda:

  • O app de navegação terceiro (no caso exemplificado, o Maps) ajuda a pessoa a chegar até o local aproximado do ponto de ônibus.
  • Por lá, o usuário abre o All_Aboard e ativa a câmera traseira do smartphone para que ele possa “ver” a rua ao redor.
  • Então, o app usa uma rede de IA treinada com cerca de 10 mil imagens de pontos de ônibus daquela cidade para identificar onde fica a parada. Para isso, a pessoa deve estar dentro de um alcance de 15 metros do ponto.
  • Quando localiza o ponto, o aplicativo começa a emitir sinais sonoros que mudam de tom e velocidade conforme a pessoa se aproxima do destino.

Veja uma demonstração:

Como funcionou na vida real

Como informou o New Atlas, o app foi testado com 24 voluntários cegos usando o Google Maps para localizar 20 pontos de ônibus – 10 em Boston, um ambiente urbano, e 10 em Newton, Massachusetts, nos subúrbios.

O Maps sozinho chegou “perto o suficiente” dos pontos de ônibus em 52% dos casos, com uma distância média entre o usuário e o ponto real de 6,62 metros. Já quando os usuários usaram o Maps junto do All_Aboard, chegaram ao seu destino final com precisão em 93% dos casos, com uma distância média de 1,54 metros.

Ele já está disponível para sistemas iOS na App Store.

Benefícios para pessoas cegas e com deficiência visual

De acordo com Gang Luo, professor associado do centro de pesquisa de Massachusets, o app prova que computação e serviços de navegação podem ser complementares em ambientes no mundo real. Melhor ainda, pode ajudar pessoas cegas e com deficiência visual.

Nossas descobertas sugerem que o aplicativo All_Aboard pode ajudar os viajantes com deficiência visual na navegação, detectando com precisão o ponto de ônibus e, portanto, reduzindo significativamente a chance de perder ônibus por ficarem muito longe dos pontos.

Gang Luo