A Amazon divulgou o relatório do quarto trimestre de 2023 nesta quinta-feira (1º) com números acima do esperado. Após um ano de milhares de cortes em diferentes divisões, aumento das compras online e competição nos serviços em nuvem, a empresa superou as projeções em quase todos os setores.

Leia mais:

Receita trimestral da Amazon

Os resultados divulgados hoje pela Amazon são referentes aos meses de outubro, novembro e dezembro de 2023. A empresa superou expectativas.

  • No período, as ações subiram em 4%, passando a valer US$ 1 por ação. Dados da LSEG projetavam US$ 0,80 por ação;
  • Já a receita total aumentou 14%, chegando a US$ 170 bilhões. Especialistas esperavam que chegassem até US$ 166,21 bilhões;
  • O lucro líquido foi de US$ 10,6 bilhões, muito acima dos US$ 278 milhões arrecadados no mesmo período no ano anterior;
  • A publicidade arrecadou US$ 14,7 bilhões, contra US$ 14,2 bilhões da expectativa do StreetAccount;
  • O Amazon Web Services (AWS), o serviço de nuvem da companhia, gerou US$ 24,2 bilhões em receita no quarto trimestre. Foi a única que não superou a projeção, de US$ 24,26 bilhões.

O que isso significa

Amazon Web Services - AWS
(Imagem: Michael Vi / Shutterstock)

Segundo a Reuters, mesmo com gastos altos, os bons resultados da Amazon podem ser consequência do crescimento nas compras online, principalmente no período de férias. Vale lembrar também da Black Friday, que aconteceu em novembro.

publicidade

Já na parte de serviços em nuvem, a competição se acirrou, com Alphabet e Microsoft aprimorando seus próprios serviços, o que pode justificar os resultados dentro do esperado (mas não acima).

Ainda, durante 2023 até o final do ano, a empresa não parou com cortes em diferentes divisões de serviços. Inclusive, em janeiro, a Amazon já anunciou mais demissões nos setores do Prime Video, MGM Studios, Twitch e mais (leia aqui aqui).

Já para o primeiro trimestre de 2024, que vai de janeiro até março, a Amazon espera uma receita entre US$ 138 bilhões e US$ 143,5 bilhões. Analistas da LSEG esperam US$ 142,13 bilhões.