A Apple desenvolve funcionalidades de inteligência artificial (IA) generativa – tecnologia por trás do ChatGPT, por exemplo. E essas novidades chegam ainda em 2024. É o que disse o CEO da empresa, Tim Cook, durante a teleconferência de resultados trimestrais da Apple, realizada na quinta-feira (1º).

Para quem tem pressa:

  • Durante a teleconferência de resultados trimestrais da Apple, o CEO Tim Cook anunciou que a empresa desenvolve funcionalidades de inteligência artificial (IA) generativa, com expectativa de lançamento ainda em 2024;
  • Revelação confirma as especulações da newsletter de Mark Gurman, da Bloomberg, que sugeriu que o iOS 18 poderia ser a maior atualização na história do sistema operacional da Apple;
  • Tim Cook enfatizou o compromisso da Apple com o investimento contínuo em IA e outras tecnologias inovadoras. Ele expressou entusiasmo em compartilhar os detalhes dos projetos relacionados à IA generativa ainda este ano – mas não entrou em detalhes;
  • Os esforços da Apple em integrar funcionalidades de IA generativa em suas plataformas de software, incluindo iOS, iPadOS e macOS, sinalizam uma resposta às inovações similares de concorrentes como Google e Samsung.

A informação confirma as especulações da newsletter de Mark Gurman, da Bloomberg, cuja edição mais recente apontou que o iOS 18 poderia ser “a maior atualização” na história do sistema operacional da Apple. Agora, as insinuações de Cook reforçam expectativas por um grande lançamento no final de 2024.

Leia mais:

IA na Apple

Tim Cook Apple
(Imagem: John Gress Media Inc/Shutterstock)

Cook destacou em seus comentários que a Apple continuará a investir em IA, bem como outras tecnologias.

publicidade

À medida que olhamos para frente, continuaremos a investir nessas e outras tecnologias que moldarão o futuro. Isso inclui a inteligência artificial, onde continuamos a dedicar uma quantidade tremenda de tempo e esforço. E estamos animados para compartilhar os detalhes do nosso trabalho em andamento nesse espaço ainda este ano.

Tim Cook, CEO da Apple

Analistas tentaram obter mais detalhes do CEO, mas ele ofereceu poucas informações. Ele reiterou a postura da empresa de trabalhar em silêncio e falar sobre o trabalho apenas quando estiver pronto para ser divulgado. “Mas temos algumas coisas sobre as quais estamos incrivelmente animados, sobre as quais falaremos mais tarde este ano”, afirmou Cook.

O que vem por aí?

Funcionalidades de software de IA, que vão desde manipulação avançada de fotos até melhorias no processamento de textos, têm sido um grande ponto de venda de smartphones do Google e da Samsung nos últimos meses. E as falas de Cook indicam que a Apple tem planos para integrar a IA em suas plataformas de software — iOS, iPadOS e macOS — ainda este ano.

O CEO concluiu a teleconferência expressando que vê uma enorme oportunidade para a Apple tanto em relação à IA generativa quanto à IA em geral. Mas não entrou em detalhes nem se rendeu a antecipações. Bem no estilo Apple de ser.