A franquia Prince of Persia é uma das mais veneráveis e influentes no mundo dos videogames, proporcionando aos jogadores experiências memoráveis ao longo de décadas. Com uma mistura única de plataforma, ação e narrativa envolvente, os títulos conquistaram uma legião de fãs. Por isso, preparamos essa lista com os melhores (e piores) jogos de Prince of Persia segundo a crítica.

Leia também:

Prince of Persia (1989) – Sem nota

Imagem: YouTube/Reprodução

O jogo que deu início a toda a saga, Prince of Persia (1989), foi um marco na indústria dos videogames. Apresentando animações fluidas e uma jogabilidade inovadora, o título cativou os jogadores da época. No entanto, a falta de avaliações na época torna difícil comparar com os padrões atuais. Mesmo sem uma nota atribuída, este jogo merece ser lembrado como um divisor de águas na história dos jogos eletrônicos.

Prince of Persia 2: The Shadow and the Flame (1993) – Sem nota

Imagem: YouTube/Reprodução

Assim como seu antecessor, Prince of Persia 2: The Shadow and the Flame (1993) não recebeu uma avaliação numérica na época de seu lançamento. No entanto, a continuação aprimorou muitos aspectos do primeiro jogo, oferecendo gráficos melhores e um enredo mais elaborado. Embora não tenha alcançado a mesma notoriedade do original, contribuiu para consolidar a série como uma referência em jogos de plataforma.

publicidade

Prince of Persia: Arabian Nights (1999) – Nota: 58

Imagem: YouTube/Reprodução

Prince of Persia: Arabian Nights (1999) foi uma tentativa de revitalizar a franquia com uma abordagem mais sombria. No entanto, as críticas foram mistas, com muitos elogiando os visuais e o enredo, mas apontando falhas na execução e na jogabilidade. A nota 58 reflete essa ambiguidade, destacando que o jogo não atingiu o potencial total, mas ainda oferece uma experiência satisfatória para os fãs da série.

Prince of Persia: The Forogotten Sands (2010) – Nota: 74

prince of persia ori
Divulgação/Ubisoft

The Forgotten Sands (2010) trouxe de volta o Príncipe em uma narrativa que ocorre entre The Sands of Time e Warrior Within. Recebendo uma nota de 74, o jogo foi elogiado por seu design de níveis criativo e mecânica de jogo sólida. No entanto, algumas críticas surgiram em relação à falta de inovação e à sensação de familiaridade com títulos anteriores. Mesmo assim, The Forgotten Sands conseguiu revitalizar o interesse na série.

Prince of Persia (2008) – Nota: 81

Imagem: Steam/Divulgação

O reboot de 2008 trouxe uma abordagem artística única e uma narrativa mais focada nas relações entre os personagens. Prince of Persia (2008) recebeu uma nota sólida de 81, destacando a atmosfera envolvente e os gráficos estilizados. A jogabilidade, no entanto, dividiu opiniões, com alguns elogiando as acrobacias fluidas e outros criticando a falta de desafio. No geral, o título representa uma tentativa bem-sucedida de inovar na série.

Prince of Persia: Warrior WIthin (2004) – Nota: 83

Imagem: Ubisoft/Divulgação

Warrior Within (2004) levou a franquia para um território mais sombrio e maduro, recebendo uma nota respeitável de 83. Os críticos elogiaram as melhorias na jogabilidade, a trilha sonora e a atmosfera, mas algumas críticas foram direcionadas à mudança de tom em relação ao jogo anterior. A decisão de tornar o Príncipe mais sombrio foi polarizante, mas o título ainda é considerado uma adição sólida à série.

Prince of Persia: The Two Thrones (2005) – Nota: 85

Imagem: Steam/Divulgação

The Two Thrones (2005) continuou a narrativa iniciada em Warrior Within e recebeu uma nota de 85, indicando uma melhoria geral em relação ao seu antecessor. As mecânicas de jogo foram refinadas, e a história se desenrolou de maneira mais coesa. O jogo manteve a atmosfera sombria, mas deu ao Príncipe nuances emocionais, tornando-o mais complexo. The Two Thrones é frequentemente citado como um dos pontos altos da franquia.

Prince of Persia: The Lost Crown (2024) – Nota: 86

Prince of Persia: The Lost Crown é um dos jogos mais aguardados de 2024
Imagem: Ubisoft/ Divulgação

O lançamento mais recente, The Lost Crown (2024), recebeu uma nota de 86, consolidando-se como um dos melhores jogos da franquia. Com visuais deslumbrantes e uma narrativa envolvente, o jogo conseguiu cativar tanto os fãs de longa data quanto os novos jogadores. As mecânicas de jogo foram aprimoradas, proporcionando uma experiência fluida e desafiadora. The Lost Crown representa o compromisso contínuo da franquia em evoluir e se adaptar.

Prince of Persia: The Sands of Time (2003) – Nota: 92

Imagem: Ubisoft/Divulgação

Considerado um dos melhores jogos da série, The Sands of Time (2003) conquistou a crítica com uma nota impressionante de 92. A combinação de uma narrativa cativante, mecânicas de jogo inovadoras e personagens memoráveis estabeleceu um padrão elevado para os jogos subsequentes. Mesmo após anos de seu lançamento, The Sands of Time continua a ser lembrado como um clássico atemporal da indústria dos videogames.

Ao longo dos anos, a franquia Prince of Persia evoluiu e experimentou diferentes abordagens, refletindo as mudanças na indústria de jogos eletrônicos. Enquanto alguns títulos receberam críticas mistas, outros se destacaram como verdadeiros ícones. A diversidade de opiniões destaca a natureza subjetiva da apreciação de jogos, e cada título contribuiu para a rica tapeçaria da história da franquia.

Com a recente adição de The Lost Crown em 2024, a série continua a surpreender e cativar os jogadores, mantendo-se relevante em um cenário de constante evolução. Independentemente das notas atribuídas, cada jogo Prince of Persia desempenhou um papel significativo na construção do legado duradouro da franquia.