Em teleconferência de resultados trimestrais, Bob Iger, CEO da Disney, anunciou na quarta-feira (7) que o serviço de streaming principal da ESPN finalmente já tem uma previsão de estreia: entre setembro e novembro de 2025. A chegada da nova plataforma já havia sido anunciada em maio do ano passado e vem para oferecer “o conjunto completo” das redes ESPN. 

O que você precisa saber: 

  • Segundo informações do Engadget, o streaming da ESPN terá os jogos ao vivo e a programação atualmente disponível nos canais a cabo da rede; 
  • o serviço também fornecerá acesso ao ESPN Bet, juntamente com estatísticas detalhadas e possibilidade de compras; 
  • A plataforma, claro, funcionará a partir de uma “personalização robusta”, segundo Iger; 
  • Uma data exata de lançamento ou detalhes adicionais sobre o streaming, como nome, não foram revelados — mas deve permanecer como ESPN+. 

Leia mais! 

Vale lembrar que a Disney já oferece a ESPN+ como alternativa a TV a cabo, mas com algumas limitações, servindo apenas como complemento aos canais da rede. 

publicidade

Assim como o estúdio integrou o Hulu ao Disney+, o plano é que o ESPN+ também faça parte do pacote no futuro. 

Disney, Fox e Warner anunciam novo streaming esportivo 

O anúncio chega logo após a Disney também divulgar um acordo histórico com a Fox e Warner Bros. Discovery. As empresas se unirão em uma join venture que combinará direitos de transmissão esportiva via streaming nos Estados Unidos.  

A nova plataforma, também sem título, oferecerá canais lineares ao vivo como ABC, Fox, TNT, TBS e, claro, ESPN, além de jogos e outros direitos esportivos das três gigantes da mídia de forma não exclusiva. 

No caso deste serviço, ele estará disponível já no final deste ano por mais de US$ 40/mês. Assinantes poderão ainda agrupar as assinaturas existentes do Disney+, Hulu e Max (HBO Max).  

Ao THR, uma fonte familiarizada com o projeto disse que a nova empreitada não deve impactar os planos da ESPN de oferecer um serviço de streaming “principal” direto ao consumidor, sendo a iniciativa mais uma forma de complementar e expandir conteúdo.