Muitos usuários de celulares com sistema operacional Android têm o desejo de remover app que são difíceis de desinstalar, como uma forma de melhorar o desempenho, garantir mais espaço de armazenamento, entre outros.

De fato, alguns apps são pré-instalados ou pertencem ao próprio sistema operacional, e não podem ser removidos por suas funções sensíveis. Contudo, existem algumas maneiras simples de fazer o procedimento em outros apps e liberar espaço no seu celular.

Leia mais:

Ajustes nas configurações e modificações nas preferências do administrador podem ajudar nesse processo. Mas, você sabe o porquê de alguns apps não poderem ser desinstalados? Confira a seguir.

publicidade

Por que alguns aplicativos não podem ser desinstalados?

celular Android smartphone
(Imagem: Adrien/Unsplash)

Existem alguns motivos específicos para impedir que usuários do sistema operacional do Google desinstalem aplicativos livremente em seus smartphones. O mais conhecido deles é o dos apps do sistema, que são essenciais para o funcionamento normal do dispositivo, tornando impossível sua desinstalação, como a Calculadora e o Relógio.

Além disso, existem as aplicações pré-instaladas, como o Samsung Pay e o Moto, que continuam no dispositivo mesmo que o usuário faça o processo de restauração de fábrica. Esse tipo de app já vem instalado no celular antes da realização da compra, e também não pode ser excluído.

Porém, nesse caso, é possível desativá-lo, uma ação que libera mais espaço de armazenamento e impede que ele seja executado novamente sem a permissão do usuário.

Para finalizar, há ainda os aplicativos com privilégios de administrador, que utilizam a permissão do usuário para ter acesso a recursos do celular, como a câmera e a lista de contatos, impedindo que eles sejam desinstalados. Porém, algumas configurações podem ajudar a tirar os apps indesejados nesse caso.