Geralmente, a maioria do público busca experiências de entretenimento ao assistir a filmes. Seja terror, drama ou ação, as pessoas desejam algo divertido, familiar ou reconfortante para escapar do mundo real. 

No entanto, como em toda forma de expressão artística, existem filmes que buscam desafiar as convenções e expectativas, mergulhando em narrativas absurdas, temáticas perturbadoras e enredos verdadeiramente bizarros. 

Leia mais:

Diante disso, montamos uma lista com os 10 filmes mais bizarros e esquisitos.

publicidade

Peles (2017)

Pieles (2017) / Crédito: Netflix (divulgação)
  • Disponível para assistir na Netflix.

Este drama espanhol apresenta uma premissa bizarra, buscando chocar e incomodar o público ao mesmo tempo que tenta emocionar e questionar os padrões de beleza e normalidade na sociedade.

Em “Peles”, vemos uma série de histórias de personagens com diferenças físicas ou deformidades tentando lidar com sua condição. 

Contudo, algumas das condições são surrealmente fictícias, como uma personagem que tem o ânus trocado no lugar da boca.

Skinamarink – Canção de Ninar (2022)

Skinamarink (2022) / Crédito: Telecine, IFC Midnight (divulgação)
  • Disponível para assinantes do Telecine.

Na sinopse deste filme, duas crianças pequenas acordam no meio da noite e descobrem que estão sozinhas em casa. Além disso, há uma presença sinistra no local, e todas as janelas e portas da casa desaparecem.

Contudo, essa premissa não serviu de muito para uma parcela significativa dos espectadores que viram esse filme e se sentiram extremamente confusos. E entediados também, pois “Skinamarink” é na verdade um filme inteiramente experimental que foca em filmar paredes, portas e os demais cantos da casa. Além disso, as crianças ou qualquer personagem humano mal são mostrados ao longo da projeção.

Apesar da estranheza do público em geral, o filme foi aclamado pela crítica especializada por sua abordagem de terror sensorial e atmosférica.

Fora de Casa! (Freddy Got Fingered, 2001)

Freddy Got Fingered (2002) / Crédito: 20th Século Fox (divulgação)
  • Não disponível nos  streamings.

Atualmente com status cult, “Fora de Casa!” foi um fracasso de crítica e público na época de seu lançamento. Um dos principais motivos é o seu humor insano, sem noção e exageradamente grosseiro. 

Repleto de cenas de humor chocantes e bizarras, o filme foi reavaliado com o tempo por seu vanguardismo e ousadia provocadora. 

O filme é dirigido e estrelado pelo comediante Tom Green, que protagoniza como um cartunista desempregado que volta a morar com os pais. Extremamente excêntrico e uma decepção para a sua família, ele passa a espalhar falsos boatos de que seu pai (Rip Torn) estaria abusando sexualmente de seu irmão mais novo de 25 anos.

Titane (2021)

Titane (2021) / Crédito: Diaphana Distribution, Mubi (divulgação)
  • Disponível para assinantes do Mubi.

Ganhador da Palma de Ouro no Festival de Cannes de 2021, “Titane” é um filme de horror corporal que apresenta uma narrativa surreal e cenas intensas e perturbadoras que procuram desafiar o público. 

Dirigido pela francesa Julia Ducournau, o filme segue uma jovem (Agathe Rousselle) que, quando pequena, sofreu um acidente de carro e recebeu um implante de titânio em sua cabeça.

Desde então, ela adquire uma obsessão por carros e desenvolve instintos assassinos. Contudo, necessitando fugir das autoridades, ela se disfarça como o filho desaparecido de um bombeiro viciado em esteroides (Vincent Lindon) e desenvolve um vínculo profundo com ele.

Bom Garoto (2022)

Good Boy (2022) / Crédito: Fredagsfilm, The Norwegian University of Science and Technology (divulgação)
  • Disponível para assinantes do Looke e Now.

Esta produção norueguesa de terror conta com uma premissa bizarra e curiosa. Uma jovem conhece um herdeiro milionário por um aplicativo de relacionamento. 

Eles se dão bem no início e o cara parece ser um par perfeito. Isso até ela descobrir que o sujeito vive com outro homem que se veste e age como um cachorro de estimação. 

Esta é a sinopse do filme “Bom Garoto”, um terror que aposta em uma premissa esquisita e com uma tensão e desconforto crescente.

Cidade dos Sonhos (2001)

Mulholland Drive (2001) / Crédito: Universal Pictures, Telecine (divulgação)
  • Disponível para assinantes do Telecine.

O cineasta David Lynch é famoso por seus filmes surreais e oníricos. Um dos mais conhecidos e aclamados é “Cidade dos Sonhos”, filme que deixou muita gente com a mente confusa após assisti-lo. 

Com uma forte carga onírica e imagens perturbadoras, o filme apresenta um enredo enigmático que pode ser incompreensível para muitos. 

A história se passa em Los Angeles e segue a jornada entre uma aspirante a atriz (Naomi Watts) e uma mulher que perdeu a memória após sofrer um acidente de carro (Laura Harring).

Ichi, o Assassino (2001)

Koroshiya 1 (2001) / Crédito: Omega Project, Runtime (divulgação)
  • Disponível para assistir gratuitamente no Runtime.

O cultuado diretor japonês Takashi Miike é bastante versátil. Contudo, ele ficou bastante conhecido por realizar obras polêmicas e controversas. “Ichi, o Assassino” é uma das mais conhecidas. Baseado em um mangá, a obra chamou a atenção por seu sadismo e violência extrema, cenas perturbadoras e uma atmosfera bizarra. 

O filme segue o assassino sádico Kakihara, que está em busca do desaparecido líder de sua gangue. A história também acompanha Ichi, um jovem psicologicamente instável e com extraordinárias habilidades de luta.

Holy Motors (2012)

Holy Motors (2012) / Crédito: Les Films du Losange, MUbi (divulgação)
  • Disponível para assinantes do Mubi.

Dirigido por Leos Carax, “Holy Motors” é um aclamado filme experimental que apresenta uma abordagem surreal, fantasiosa e provocativa, sendo considerado por alguns bastante maluco. 

Na enigmática trama, acompanhamos um homem misterioso (Denis Lavant) que é conduzido por Paris em uma limousine branca ao longo de um único dia. Dentro do carro, ele assume diferentes identidades e realiza uma série de tarefas estranhamente variadas.

A Pele Que Habito (2011)

La piel que habito (2011) / Crédito: HBO Max (divulgação)
  • Disponível para assinantes do HBO Max.

O renomado cineasta espanhol Pedro Almodóvar é conhecido por seus melodramas bem próprios, repletos de acidez e observações sobre a sexualidade na sociedade contemporânea. “A Pele Que Habito” é um de seus filmes mais populares, e muito disso se deve aos seus plot twists imprevisíveis em uma trama bastante provocadora e com momentos perturbadores. 

No filme, um cirurgião plástico perturbado (Antonio Banderas) cria uma pele sintética resistente a queimaduras. Entretanto, ele mantém Vera (Elena Anaya) trancada em sua casa como cobaia de experimentos cirúrgicos. Ao longo do filme, a verdade sobre a relação entre ambos se revela.

A Montanha Sagrada (1973)

La montaña sagrada (1973) / Crédito: ABKCO Films (divulgação)
  • Não disponível nos streamings.

Alejandro Jodorowsky é mais um autor famoso por suas obras malucas. Além de cineasta, o chileno é quadrinista, dramaturgo, poeta, ensaísta e filósofo. E entre a sua conceituada e excêntrica filmografia, “A Montanha Sagrada” é um dos principais destaques. 

Com um enredo excêntrico repleto de simbolismos, o filme conta uma história difícil de explicar. Um homem (Horacio Salinas) é guiado por um mestre alquimista (Jodorowsky) em uma jornada transcendental. Ao longo do filme, vários personagens excêntricos e imagens provocativas e chocantes são apresentados.