A Nvidia alcançou, em janeiro deste ano, um aumento recorde no valor de mercado da empresa. Segundo analistas, o ótimo resultado da companhia foi alavancado pelo boom da inteligência artificial. Mesmo assim, o futuro da tecnologia continua promissor. A própria Nvidia, por exemplo, projeta que o setor de IA valerá US$ 2 trilhões (quase R$ 10 trilhões) em 5 anos.

Leia mais

A declaração foi dada pelo CEO da Nvidia, Jensen Huang, durante o World Government Summit em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. O encontro reúne líderes governamentais para discussões sobre processos e políticas com foco nas questões do futurismo, inovação tecnológica e outros tópicos.

De acordo com Huang, a inteligência artificial será um dos principais pilares da economia global no futuro. Para ele, em cerca de quatro a cinco anos esta indústria atingirá um valor aproximado de 2 trilhões de dólares em servidores em todo o mundo.

publicidade

Nós estamos apenas no início desta nova era e o que acontece é que há um trilhão de dólares de base instalada nos servidores ao redor do planeta. Nos próximos quatro, cinco anos nós teremos 2 trilhões de dólares em servidores que estarão alimentando os softwares ao redor do mundo. Tudo será acelerado e esta arquitetura para computação acelerada é a ideal para a próxima geração de software chamada de IA generativa

Jensen Huang, CEO da Nvidia

Ainda segundo o representante da empresa, o papel dos governos para o desenvolvimento cada vez maior da tecnologia será cada vez maior. Ele ainda destacou que a humanidade não precisa temer o avanço da IA. E observou que as ferramentas já estão sendo desenvolvidas para coexistir com as ações humanas e ajudar as pessoas no cotidiano.

inteligencia-artificial
Inteligência artificial já está presente no nosso cotidiano (Imagem: shutterstock/jittawit21)

Avanço da IA é irreversível

  • Durante sua fala, Jensen Huang fez um apelo para que as empresas construam a infraestrutura necessária para o desenvolvimento da inteligência artificial o “mais rápido que puderem”.
  • Ele ainda citou que o avanço da tecnologia é irreversível, uma vez que nem mesmo as sanções impostas pelos Estados Unidos contra a China para o desenvolvimento da IA conseguiram frear o setor.
  • Um bom exemplo sobre o potencial da inteligência artificial é a própria Nvidia.
  • A empresa alcançou, em janeiro deste ano, um aumento recorde no valor de mercado, que foi de US$ 296,52 bilhões para cerca de US$ 1,52 trilhão.
  • O resultado foi tão surpreendente que superou até mesmo o recorde anterior da companhia, de maio de 2023, quando a Nvidia entrou para o seleto grupo de empresas trilionárias.
  • As informações são da Adrenaline.