A montadora Stellantis tem planos audaciosos para eletrificar alguns carros de suas marcas no Brasil. Entre eles estão Ram Rampage, Fiat Toro, Jeep Compass e Commander, todos fabricados na cidade de Goiana, em Pernambuco. As informações são do site Auto +.

Quatro níveis de eletrificação

O plano adotado pelo grupo vai executar uma eletrificação nos modelos citados em quatro níveis:

  • Bio-hybrid: são os semi-híbridos, com um sistema de 12V e onde o motor e o alternador de partida dão lugar a um pequeno motor elétrico.
  • Bio-hybrid e-DCT: modelos terão um motor elétrico acoplado em sua transmissão automatizada de dupla embreagem. Também é um semi-híbrido, mas com sistema elétrico de 48V que torna possível mover o carro só com o motor elétrico, sem uso da combustão.
  • Bio-Hybrid Plug-in, um híbrido com motor elétrico mais potente e com baterias maiores, chegando a um sistema de 380V. Ainda será possível, nesse caso, carregar o carro por fontes externas e ter uma autonomia elétrica bem substancial.
  • BEV: Carros 100% elétricos, que serão da linha STLA Small e STLA Medium da Stellantis.

Informações do Auto + ainda revelaram mais detalhes sobre a estratégia de eletrificação da montadora, como, por exemplo, o plano de que o motor T270 1.3 quatro cilindros turbo receba o sistema semi-híbrido, assim como o T200 1.0 turbo. Modelos que usam esse motor, como Commander, Compass e Toro, serão semi-híbridos em breve.

Leia mais:

publicidade

O site ainda esclarece sobre os planos de eletrificação do Jeep Renegade. A sua produção mudou para uma fábrica em Betim, em Minas Gerais, e vai passar a usar uma base CMP que permite eletrificação total, já usada no Peugeot 208. Essa mudança torna muito possível que vejamos um Renegade elétrico nos próximos anos.