A Nissan revelou em um comunicado nesta quarta-feira (28) que faz parte de seus planos lançar um serviço de táxi autônomo no Japão no ano financeiro que começa em abril de 2027. As informações são do site Tech Xplore.

Leia mais:

publicidade

Segundo informa a montadora, já em abril deste ano ela deve iniciar alguns testes do serviço. O teste seria conduzido usando minivans em uma área de Yokohama, ao sul de Tóquio.

“As comunidades locais têm enfrentado vários desafios de mobilidade, como a escassez de condutores, resultado do envelhecimento da população”, afirmou a Nissan num comunicado.

publicidade

A escassez de mão-de-obra e uma população envelhecida já faz o governo japonês priorizar a tecnologia de transportes autônomos, para melhorar a mobilidade urbana do país.

Carros autônomos já circulam no país eventualmente

  • Já circulam alguns veículos autônomos no país desde o ano passado.
  • As leis de trânsito locais permitem que veículos autônomos de “Nível 4” operem em vias públicas em determinadas circunstâncias.
  • A autonomia do veículo é classificada numa escala de 0 a 5, sendo que 5 indica autonomia total para sua locomoção (o que ainda não existe).

Do lado da Nissan, o desejo é de “fornecer uma ampla gama de novos serviços que permitam a livre circulação”, trabalhando em conjunto com autoridades locais e operadores de transportes para viabilizar o serviço.

publicidade

A montadora local ainda coloca que vem “testando modelos de negócios para serviços de mobilidade autônomos no Japão e no exterior desde 2017”.

Outras fabricantes de veículos já haviam anunciado planos semelhantes para o território japonês. A Honda, a General Motors e a unidade de direção autônoma da GM, Cruise, informaram no ano passado que estabelecerão uma joint venture para lançar um serviço de transporte sem motorista no Japão no início de 2026.