Na última década, a internet viu um grande surgimento de criadores e influenciadores, ou influencers. Essas pessoas, que criam conteúdo on-line para seus seguidores, conseguem ganhar a vida com publicações nas redes sociais, engajando seu público.

Portanto, Creator Economy é o nome dado ao grupo de artistas, influencers, criadores de conteúdo e outros, que usam a internet para conquistar um público, expandir seus negócios e monetizar a gama de conteúdo que produzem.

Leia também:

Creator Economy: o que é e qual a diferença para marketing de influência?

Influencer via Jenny Ueberberg/Unsplash
Influencer via Jenny Ueberberg/Unsplash

A Creator Economy começou como resultado do crescimento das redes sociais, das plataformas de comércio eletrônico e de outras ferramentas digitais, facilitando o caminho para as pessoas ganharem dinheiro com seu conteúdo on-line. Como resultado, cada vez mais pessoas podem dar início e construir carreiras como criadores digitais.

publicidade

Em outras palavras, a  Creator Economy cria um ecossistema entre criadores, consumidores, anunciantes e outras partes interessadas. No centro desse ecossistema estão os canais de rede social, onde usuários e criadores de conteúdo interagem para formar comunidades altamente engajadas.

Esse ecossistema econômico funciona à medida que os criadores de conteúdo com um grande número de seguidores obtêm receita por meio de plataformas de streaming, patrocínios de marcas, publicidade e vendas de mercadorias. Em alguns casos, especialmente com artistas, os influencers podem até vender seus próprios trabalhos.

Marketing de influência via Laura Chouette/Unsplash
Marketing de influência via Laura Chouette/Unsplash

Enquanto isso, o marketing de influência é uma colaboração entre criadores populares e marcas para promover os produtos ou serviços dessas marcas. É um tipo de marketing de redes sociais que usa menções a produtos no conteúdo dos influencers.

No marketing de influência há sempre uma troca de favores, e a iniciativa geralmente vem das marcas. Essa forma de marketing funciona devido ao alto grau de confiança que os influencers construíram com seus seguidores.

Dito isso, o marketing de influência faz parte da Creator Economy, pois é outra forma de receita para os influenciadores, aumentando o ecossistema e conectando consumidores e marcas por meio das redes.