Você já deve ter visto imagens de desertos e provavelmente reparou alguma vez nas dunas estelares, aquelas formações de areia que se estendem verticalmente (até 300 metros de altura) e se assemelham ao formato de uma pirâmide. Essas estruturas naturais sempre intrigaram os cientistas e um novo estudo pode ter desvendado um antigo mistério sobre elas.

Leia mais

Dunas estelares são as mais altas registradas na Terra (Imagem: BiniClick/Shutterstock)

Processo de formação levou quase um século

Pesquisadores divulgaram na segunda-feira (04) o primeiro estudo detalhado de uma duna estelar. Eles descobriram, por exemplo, quanto tempo levou para que uma delas se formasse.

O trabalho se concentrou em uma duna estelar localizada no leste do Marrocos chamada Lala Lallia, que significa “ponto sagrado mais alto” na língua berbere local. Ela fica situada dentro do Deserto do Saara em um pequeno mar de areia chamado Erg Chebbi, a cerca de 5 km da cidade de Merzouga, perto da fronteira com a Argélia.

publicidade

Lala Lallia se eleva cerca de 100 metros acima das dunas circundantes e tem aproximadamente 700 metros de largura. No total, ela possui 5,5 milhões de toneladas métricas de areia.

Os pesquisadores usaram radar de penetração no solo para poder enxergar dentro da duna e empregaram datação por luminescência para determinar a idade dela, um método baseado na quantidade de energia presa nos grãos de areia. A resposta foi impressionante. A duna levou cerca de 900 anos para se formar, acumulando aproximadamente 6.400 toneladas métricas anualmente à medida que o vento sopra incessantemente a areia pelo deserto.

As dunas estelares se formam em áreas com regimes de vento complexos, o que significa ventos soprando de diferentes direções e acumulação líquida de areia, pontos dentro do deserto onde grandes pilhas de areia podem ser sopradas para formar dunas gigantes.

Charlie Bristow, sedimentologista da Universidade de Birkbeck, em Londres, e co-autor do estudo

Os pesquisadores também determinaram que Lala Lallia está se movendo para o oeste a uma velocidade de cerca de 0,5 metros anualmente.

Estudo descobriu informações importantes sobre o processo de formação das dunas (Imagem: Maurizio De Mattei/Shutterstock)

As dunas ainda intrigam a ciência

  • As dunas estelares compõem pouco menos de 10% das dunas nos desertos da Terra e são as mais altas, superando outros tipos como as dunas barchan em forma de crescente e as dunas lineares retas e longas.
  • Embora muitas sejam conhecidas hoje, apenas uma única antiga foi encontrada preservada como arenito no registro geológico, datando de cerca de 250 milhões de anos atrás, na Escócia.
  • As maiores dunas estelares da Terra estão no deserto de Badain Jaran, no oeste da China.
  • Elas também são encontradas em lugares como o Mar de Areia do Namibe, na Namíbia, grandes mares de areia na Argélia, como o Grande Erg Oriental e o Grande Erg Ocidental, e Rub’ al Khali, na Arábia Saudita.
  • Na América do Norte, o Parque Nacional das Grandes Dunas de Areia, no Colorado, contém uma série delas.
  • Além disso, já foram avistadas em Marte e na grande lua de Saturno, Titã, o que significa que as conclusões deste estudo podem servir também para entender melhor estas estruturas espaciais.
  • O trabalho foi publicado na revista Scientific Reports.
  • As informações são da CNN.