A Turquia impôs nesta segunda-feira (18) uma medida provisória contra a Meta proibindo o compartilhamento de dados entre as plataformas Instagram e Threads, enquanto a autoridade de concorrência do país investiga um possível abuso da posição dominante da empresa no mercado. De acordo com a Reuters, o regulador antitruste iniciou uma investigação contra a big tech em dezembro do ano passado. 

O que você precisa saber: 

publicidade
  • Para o regulador da Turquia, o compartilhamento de dados entre as duas aplicações pode “violar o direito da concorrência e causar danos irreparáveis” no mercado; 
  • A autoridade afirmou que a medida provisória permanecerá em vigor até que seja tomada uma decisão final; 
  • A Meta ainda não comentou sobre o caso. 

Leia mais! 

Vale lembrar que esse não é o único escrutínio que a Meta enfrenta na Turquia. Separadamente, a empresa também foi multada em 4,8 milhões de liras (US$ 148 mil) como parte de outra investigação sobre uma mensagem de notificação que a empresa envia aos usuários sobre o compartilhamento de dados. 

publicidade

Segundo a autoridade turca, a mensagem, que avisa sobre o compartilhamento de dados entre Facebook, Instagram e WhatsApp, não fornecia informações suficientes e não era transparente o bastante para com o tratamento dos dados. 

Uma data para a tomada de decisão sobre a nova investigação envolvendo Instagram e Threads não foi divulgada. 

publicidade

Meta vence recurso no Brasil 

Enquanto isso, no Brasil, a Meta venceu na sexta-feira (15) um recurso do TJSP (Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo) que a proibia de usar seu nome no país devido a uma confusão com empresa brasileira de mesmo nome. A decisão, publicada no final de fevereiro, dava 30 dias para a gigante das redes sociais deixar de usar sua marca por aqui. Entenda o caso aqui