O chefe da Williams – uma das equipes mais tradicionais da Fórmula 1 – disse que ficou chocado ao descobrir que a construção do carro, de mais de 20 mil peças, era controlada através do Excel, popular programa de planilhas da Microsoft. A declaração de James Vowles foi dada em entrevista ao The Race. Vowles ainda chamou a situação de “piada” e disse que, desde que assumiu o time em 2023, vem tentando mudar os processos internos para que a equipe volte a ser competitiva, como no passado.

Vowles, que até o fim de 2022 trabalhava na Mercedes como estrategista-chefe, disse que quando chegou na Williams “a lista do Excel era uma piada…impossível de navegar e impossível de atualizar”. Ele ainda completou dizendo que não havia dados sobre o custo dos componentes, quanto tempo levavam para serem construídos e quantos estavam no sistema para serem construídos.

Vídeo relacionado

Além disso, o sistema era extremamente simplista e não era possível ter uma visão geral sobre os detalhes da construção do carro. Segundo Vowles, o uso do Excel causava falhas graves, já que cada peça estava em um estágio diferente e era impossível fazer esse controle por lá. Isso causou atrasos no desenvolvimento dos carros e fez com que a equipe tivesse grandes prejuízos em relação ao seus concorrentes.

Leia mais:

publicidade
Imagem: Williams F1/Divulgação

Início da mudança nos processos

Porém, logo em seu primeiro ano, Vowles conseguiu alçar a equipe ao sétimo lugar no campeonato de construtores após uma amarga 10ª e última posição no ano anterior. Isso passou e vem passando por uma mudança dolorosa. Segundo Vowles, a planilha do Excel estava sendo migrada para um sistema digital ao mesmo tempo em que a “base tecnológica” do carro passava por sua própria reformulação.

Não é surpreendente que fazer as duas coisas ao mesmo tempo tenha sido um pesadelo. A Williams estava mudando completamente o armazenamento digital dentro da organização e a quantidade de peças sendo produzidas para serem registradas neste novo sistema, no qual os funcionários não estavam familiarizados.

publicidade
Imagem mostrando comando de excel
O excel é uma ferramenta muito importante na grande maioria das empresas no âmbito da gestão de pessoas, por exemplo. (Imagem: Lucas Gabriel MH)

Vowles estima que leve em torno de três anos para fazer 1000 pessoas adotarem uma nova cultura. Mas, antes disso, ele acredita que a Williams tem a oportunidade de se tornar mais competitiva. Ele diz que a Williams já está melhor em algumas áreas devido às mudanças promovidas, mas o diretor técnico, Pat Fry, afirma que boa parte dos problemas só serão abordados a partir de 2025.