A média de preços no mercado de carros usados caiu 7,6% no Brasil nos últimos 12 meses. A categoria que mais desvalorizou, segundo os dados da Bright Consulting, foi a dos hatchbacks, que ficou 11% mais barata.

O resultado acontece em um momento de mercado aquecido no volume de vendas. Para efeito de comparação, os seminovos vendem até 5,9 vezes mais que veículos novos no país. Veículos com 13 anos ou mais, por exemplo, foram os mais buscados pelos consumidores em janeiro.

Vídeo relacionado

Leia mais:

O que causou a desvalorização dos carros usados no Brasil?

  • Durante a pandemia, os seminovos valorizaram devido à falta de carros zero no mercado.
  • 2021, por exemplo, foi um ano de grande oportunidade para os lojistas.
  • Agora, o segmento experimenta o efeito contrário, somado a falta de incentivo do governo.
  • Vale recordar que o programa de “carro popular” ofereceu desconto apenas para carros novos abaixo da faixa dos R$ 120 mil e derrubou a venda de usados.
  • Em resposta, o preço dos seminovos também caiu e não conseguiu mais voltar ao mesmo patamar de valorização da pandemia.
Carro popular
Imagem: Scharfsinn/Shutterstock

Segundo a Bright, alguns compradores também estão preferindo investir em carros novos. Isso acontece por conta de promoções oferecidas pelas montadoras, além de novas modalidades de compra como a assinatura.

publicidade

E os carros novos?

O ano de 2023 também foi movimentado para o mercado de carros novos, com 237 mil unidades vendidas em dezembro passado. O resultado se deu pela alta disponibilidade, redução gradual da taxa de juros e incentivos oferecidos pelo governo.

  • O ano fechou com 2,18 milhões de automóveis novos vendidos.
  • Hatchbacks e SUVs ficaram mais caros até março de 2023, mas retrocederam 0,3% no acumulado.
  • Para os hatchbacks, os dados não foram tão favoráveis. Os preços também recuaram 7,2% no acumulado dos últimos 12 meses.
  • Os dados são da plataforma AutoDash da Bright Consulting, que monitora os preços públicos de veículos no país.