Autoridades de Bangladesh estão investigando o que causou um acidente aéreo que resultou na morte de um dos pilotos em Chattogram. O caso aconteceu na semana passada. Ao realizar três giros em baixa altitude, o piloto Muhammad Asim Jawad, de 32 anos, precisou se ejetar do avião juntamente com o copiloto, Sohan Hasan Khan, quando a fuselagem do Yakovlev Yak-130 raspou na pista.

Leia mais

publicidade

Piloto que tentou manobra de “Top Gun” morreu no hospital

  • Segundo a imprensa do país, os dois foram resgatados com vida no rio Karnaphuli por uma equipe da Força Aérea e da Marinha, com ajuda de pescadores locais.
  • Muhammad, no entanto, teria morrido no hospital.
  • Já Sohan segue internado em estado crítico.
  • As imagens foram gravadas por câmeras de segurança e mostram fumaça e faíscas saindo do caça antes de Muhammad arremeter.
  • Ainda de acordo com jornais do país, os pilotos teriam tentado reproduzir uma manobra apresentada no filme Top Gun.

Aeronave chegou a raspar no chão após manobra perigosa

A aeronave foi recuperada pelas autoridades. O Departamento de Relações Públicas Interserviços (ISPR) de Bangladesh alegou em comunicado que o jato havia apresentado falha mecânica, o que teria causado a queda. Ainda de acordo com a pasta, os pilotos teriam tentado levar o caça para longe da área mais densamente povoada da cidade.

No entanto, as imagens das câmeras de segurança indicam que o acidente foi causado pela manobra de risco empregada pela dupla de pilotos. A aeronave tentou realizar três movimentos consecutivos a uma altitude perigosamente baixa, quase colidindo com a pista no processo.

publicidade

O jato raspou na pista em alta velocidade, o que teria causado danos à fuselagem e um princípio de incêndio. Conhecido por ser um procedimento que exerce enorme força G no corpo, a ejeção de um aeronave pode resultar em perda temporária da consciência. As informações são de O Globo.