Observadores no Volcán de Fuego, na Guatemala, ficaram maravilhados ao ver um raio aparentemente atingir a borda da cratera do vulcão em erupção recentemente. Tempestades e erupções vulcânicas são alguns dos fenômenos naturais mais poderosos da Terra.

Erupção e tempestade ocorrendo ao mesmo tempo

  • Observadores no Volcán de Fuego, na Guatemala, ficaram maravilhados ao ver um raio aparentemente atingir a borda da cratera em erupção recentemente. Johan Wolterink capturou o vídeo do evento em 28 de abril de 2024, enquanto uma tempestade ocorria simultaneamente às erupções;
  • O Volcán de Fuego, estratovulcão com 3.763 metros de altura, é o vulcão mais ativo da Guatemala e um dos mais ativos da América do Sul. Para você ter ideia, o vulcão está em erupção desde 2002;
  • Wolterink e seus colegas testemunharam uma “tempestade suja”, na qual raios são gerados pela própria erupção vulcânica devido à colisão entre partículas de cinza, que produz eletricidade estática;
  • As erupções vulcânicas ocorrem quando a pressão de gases reprimidos dentro da Terra fica muito alta. Quanto mais magma houver entre o manto do planeta e o vulcão, maior será a pressão, levando ao rachamento das rochas do vulcão e à liberação do magma na forma de lava.

O Volcán de Fuego, estratovulcão com 3.763 metros de altura, é o vulcão mais ativo da Guatemala. E um dos mais ativos da América do Sul. Para você ter ideia, o vulcão está em erupção desde 2002.

publicidade

Leia mais:

Vídeo mostra raio caindo em vulcão em erupção

Johan Wolterink gravou o vídeo de um raio atingindo a cratera do vulcão em 28 de abril de 2024, enquanto uma tempestade ocorria ao mesmo tempo das erupções. Wolterink compartilhou o vídeo nas redes sociais com a legenda: “Quais são as chances?”.

publicidade

O que Wolterink e seus colegas viram foi uma “tempestade suja”, apelido dado aos raios gerados pela própria erupção vulcânica, em vez de ser consequência de uma tempestade típica. 

Explicando: Isso é causado por conta da colisão entre partículas de cinza, que produz eletricidade estática.

publicidade
Vulcão entrando em erupção
(Imagem: Clive Kim/Pexels)

Os vulcões entram em erupção quando a pressão de gases reprimidos dentro da Terra fica muito alta. E quanto mais magma (pedra derretida) tiver entre o manto do planeta e o vulcão, maior fica essa pressão.

Quando a pressão fica muito forte, as rochas do vulcão racham e o magma escapa pela superfície, em forma de lava, podendo chegar a 1.175ºC. Isso é uma erupção. E o fenômeno se chama vulcanismo.