SpaceX conclui lançamento de satélite do sistema GPS com sucesso

Equipamento substituirá modelos antigos da constelação da rede de posicionamento global norte-americano. Nova sonda ainda deve estabelecer conexão com a rede Galileo, da União Europeia

Victor Pinheiro 30/06/2020 16h06
Falcon 9 missão GPS III
A A A

A SpaceX e a Força Espacial dos Estados Unidos realizaram com sucesso, nesta terça-feira (30), o lançamento de um satélite da infraestrutura do Sistema de Posicionamento Global norte-americano GPS. Um foguete Falcon 9, da companhia do bilionário Elon Musk, decolou da base de Cape Canaveral, na Flórida, às 16h55 no horário de Brasília.


Após dois minutos de voo, a primeira parte do veículo se dissociou do maquinário. Por volta de seis minutos depois, o mecanismo pousou com êxito em uma balsa no Oceano Atlântico. A missão ainda se estendeu por mais de uma hora. Às 18h40, com aproximadamente 90 minutos de operação, o satélite GPS III SV03 se separou do segundo estágio do Falcon 9 a uma velocidade superior a 24 mil km/h e altitude de 4,2 mil quilômetros.

O GPS III SV03 vai substituir uma sonda antiga do sistema. Trata-se do terceiro dispositivo desse modelo a integrar a constelação de 31 espaçonaves que compõem o GPS. Desenvolvido pela empresa norte-americana Lockheed Martin, o equipamento oferece até três vezes mais precisão de posicionamento e conta com capacidade oito vezes maior de bloquear interferências se comparado com modelos anteriores. 

Além de facilitar o uso do sistema norte-americano por civis e usuários comerciais, o novo satélite também deve viabilizar a comunicação do GPS com a rede de navegação Galileo, que é administrada pela União Europeia. Com isso, os usuários de ambos serviços poderão se conectar com ainda mais satélites em órbita.

Inicialmente, a operação estava marcada para ocorrer em abril deste ano, mas o cronograma foi adiado em razão da pandemia do novo coronavírus. Segundo o The Verge, a Força Espacial dos Estados Unidos fez uma série de adaptações para viabilizar o lançamento. A organização militar reduziu o número de integrantes da equipe responsável por operar o satélite durante a missão.

Além disso, terminais foram reposicionados e o órgão criou compartimentos para garantir a distância mínima de 1,5 metros entre os membros da operação nas instalações da Lockheed Martin, no Colorado.

Missão Starlink adiada

Na semana passada, após dois adiamentos, a SpaceX cancelou o lançamento de 60 satélites Starlink previsto para sexta-feira (26). Em declaração no Twitter, a companhia afirmou que vai estudar ajustes e não revelou uma nova data para a operação. Ainda assim, somente no mês de junho, a empresa de Elon Musk enviou o total de 118 satélites Starlink à órbita da Terra.  

spaceX lançamentos
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você