Covid-19: Elon Musk doa respiradores errados para hospitais nos EUA

Equipamentos são voltados para pessoas que sofrem de apneia do sono

Nina Gattis, editado por Liliane Nakagawa 02/04/2020 22h30
Elon Musk
A A A

Depois de prometer - e cumprir - a entrega de mais de mil respiradores para hospitais que tentam salvar a vida de pacientes com coronavírusElon Musk foi muito elogiado pela imprensa. Entretanto, os respiradores excedentes, comprados da empresa ResMed, são, na verdade, próprios para tratar pacientes com apneia do sono.


Chamado de BPAP, o aparelho é um ventilador não invasivo e, portanto, mais fraco. Apesar disso, segundo alguns especialistas nesse tipo de equipamento, os dispositivos doados ainda podem facilitar a respiração de pessoas com quadros mais leves da Covid-19. "Achamos ótimo que a Tesla tenha comprado ventiladores não invasivos", disse Mick Farrell, CEO da ResMed. "Aplaudimos qualquer empresa que possa ajudar a levar ventiladores e outros produtos respiratórios para aqueles que precisam".

No entanto, médicos recomendam que as máquinas não sejam utilizadas, pois podem facilitar a transmissão da doença. "Em geral, estamos apenas dizendo a eles para não usá-las", afirmou a Dra. Comilla Sasson, especialista em Medicina de Emergência na Faculdade de Medicina da Universidade do Colorado. "Porque estamos preocupados com a disseminação na comunidade e temos que assumir que qualquer pessoa com dificuldade respiratória é um paciente com Covid-19".

A Tesla, que teve seu logo estampado em cada um dos respiradores doados, não respondeu ao pedido de comentário do jornal Financial Times


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



Tesla elon musk coronavirus covid19 pandemia respiradores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você