Twitter

Covid-19: Twitter lança banco de dados de tuítes para desenvolvedores

Vinicius Szafran, editado por Cesar Schaeffer 30/04/2020 17h55
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Pesquisadores e desenvolvedores terão acesso a tópicos sobre a doença, podendo criar ferramentas para ajudar a comunidade científica

O Twitter lançou uma atualização que permite a desenvolvedores e pesquisadores estudar em tempo real o que se fala sobre a Covid-19 na rede social. A novidade está disponível para os usuários do Twitter Developer Labs - um programa que oferece acesso a novos pontos de extremidade da API e outros recursos antes de seu lançamento oficial. O novo terminal permitirá que desenvolvedores acessem tuítes relacionados à Covid-19 em vários idiomas, gerando um banco de dados com milhões de publicações diárias.


Os dados poderão ser utilizados para pesquisar tópicos como a disseminação da doença, divulgação de fake news, gerenciamento de crises e diversas outras coisas. Ainda segundo o Twitter, os desenvolvedores poderão ainda criar ferramentas de aprendizado de máquina e dados para ajudar a comunidade científica a responder às principais perguntas sobre o novo coronavírus.

Os tuítes adequados para inclusão no conjunto de dados serão determinados pela própria empresa, com base nas palavras utilizadas ("coronavírus" ou "Covid-19", por exemplo). Também serão exibidas hashtags comuns sobre a doença, que tendem a se repetir mesmo em diferentes idiomas. Essas são, inclusive, as mesmas palavras-chave que o Twitter usa para o já existente tópico de Covid-19. Conteúdo de baixa qualidade e spam serão removidos por um filtro de qualidade.

Reprodução

O acesso ao terminal é gratuito, mas o Twitter seleciona manualmente quem terá permissão para usá-lo. Os desenvolvedores terão que informar à empresa seus planos de projeto, detalhar sua experiência no trabalho com big data e quais recursos eles têm disponíveis para processar esse conjunto de dados.

A companhia diz que priorizará aplicativos de processamento daqueles desenvolvedores e pesquisadores com experiência e recursos estabelecidos. Ainda assim, ninguém teve acesso antecipado ao app, que está sendo lançado nesta quinta-feira (30).

Reprodução

Além dos requisitos citados, os desenvolvedores precisam ter uma conta de desenvolvedor aprovada e aceitar os termos de compromisso do Twitter. Para garantir que os dados fiquem em conformidade, os aprovados também terão acesso a um novo terminal do fluxo de conformidade.

Esse terminal é um dos vários esforços feitos pelo Twitter desde o início do surto, buscando conectar pessoas com informações reais. A empresa fez alterações na plataforma para tornar os fatos sobre a doença mais acessíveis e confiáveis, além de atualizar sua política de anúncios e fazer doações para captação de recursos.

Via: TechCrunch


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



Twitter Banco de Dados Dados coronavirus covid19
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você