Algoritmo do TikTok não ficará com EUA mesmo após acordo com Trump

Subsidiária criada para cumprir exigências estadunidenses ainda será controlada pela chinesa ByteDance

Nina Gattis, editado por Daniel Junqueira 22/09/2020 16h15
TikTok nos Estados Unidos. Foto: Ascannio/Shutterstock
A A A

Walmart e outros acionistas estadunidenses poderão ter o controle de mais de 50% da TikTok Global, empresa criada apenas para atender às exigências do presidente Donald Trump. Além disso, a Oracle, que havia dito que a TikTok Global teria posse de toda a tecnologia da plataforma TikTok, foi rebatida pela ByteDance, empresa chinesa dona do aplicativo.


Em anúncio feito pela Oracle no último sábado (19), a empresa expressou que, com a TikTok Global em mãos, os acionistas teriam controle sobre o algoritmo que torna a plataforma de vídeos curtos tão atraente aos usuários. A tecnologia é tão central para o aplicativo que os funcionários a chamam de "joia da coroa". No entanto, nesta segunda-feira (21), a ByteDance afirmou que o plano "não envolve a transferência de qualquer algoritmo e tecnologias". Sendo assim, a Oracle e demais interessados na TikTok Global só terão como auditar o código-fonte do TikTok dos Estados Unidos, algo comum.

A ByteDance ainda lembrou que apresentar o código-fonte é uma solução universal para que empresas multinacionais possam prestar contas quanto a preocupações locais sobre segurança de dados.

Reprodução

Oracle será uma das sócias da ByteDance na TikTok Global. Imagem: Jen123/Shutterstock

Portanto, o plano da ByteDance é que os acionistas possam analisar o código-fonte do TikTok para garantir que o aplicativo não é um risco à segurança nacional, visto que, só nos Estados Unidos, a plataforma tem mais de 100 milhões de usuários. É assim que a empresa chinesa atenderá às exigências de segurança de Trump para que o presidente estadunidense tenha certeza de que os dados de sua população não estão sendo entregues ao governo chinês em Pequim.

Para a Oracle, "a privacidade de dados de 100 milhões de usuários americanos do TikTok será rapidamente estabelecida" assim que a TikTok Global for transferida para os acionistas estadunidenses.

Vale lembrar, contudo, que não há evidências concretas que sustentem a teoria estadunidense de que a ByteDance envia dados de cidadãos locais para a China.

De quem será a TikTok Global?

Em comunicado conjunto, a Oracle e o Walmart disseram que a TikTok Global será "de propriedade majoritária de investidores americanos", o que inclui as próprias duas empresas. Outra informação transmitida pelas acionistas é que se tratará de uma "empresa americana independente com sede nos Estados Unidos, com quatro americanos entre os cinco membros do conselho de diretores".

Entretanto, isso também foi rebatido pela ByteDance, que declarou que a TikTok Global será uma subsidiária totalmente controlada pela empresa chinesa, mas com sede nos Estados Unidos. Zhang Yiming, fundador da ByteDance, e Doug McMillon, executivo-chefe do Walmart, serão os diretores.

Via: Uol

China Algoritmo estados unidos tiktok eua x china donald trump plataforma digital bytedance
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você