Uber informará motoristas sobre a região do destino das corridas

Aumento da segurança é algo muito solicitado pelos motoristas e o recurso surge como uma das diversas medidas que continuam sendo testadas

Nina Gattis, editado por Fabiana Rolfini 24/07/2020 16h27
Foto: uberbra
A A A

Buscando fornecer mais segurança aos motoristas parceiros, a Uber passará a informá-los sobre a região do destino da corrida solicitada pelo passageiro. O recurso chega como uma resposta ao pedido dos próprios colaboradores.


"Acessar informações de uma viagem antes mesmo dela começar sempre foi um pedido dos motoristas e viemos trabalhando na melhor forma possível de atender isso sem impactar a experiência dos usuários", explicou Marcello Azambuja, diretor da Uber Tech Center no Brasil.

O recurso já estava sendo testado em algumas capitais do Brasil desde 2018 e, a partir de agora, começará a ficar disponível em todo o país. Além da informação sobre a região, o aplicativo comunicará ao motorista se o passageiro fez poucas viagens utilizando os serviços da Uber.

A intenção da Uber é permitir que os motoristas saibam se irão para um bairro considerado mais perigoso e se quem solicitou a corrida é recém-cadastrado no aplicativo, já que isso pode ser indício de assalto. No entanto, ainda não ficou claro se os colaboradores poderão recusar viagens por esses motivos.

Reprodução

Motorista e passageira. Imagem: Uber/Divulgação

A 99, principal concorrente da Uber no Brasil, já conta com um recurso semelhante há tempos: seus motoristas parceiros têm acesso ao endereço final estipulado pelo passageiro assim que a corrida é aceita.

Ainda em outubro do ano passado, a Uber também começou a testar outros recursos de segurança para colaboradores, como a opção de recusar pagamentos em dinheiro, a validação das informações de passageiros que optaram por pagamento em dinheiro e a opção de motoristas mulheres aceitarem apenas viagens solicitadas por mulheres.

A preocupação da Uber com a segurança dos motoristas parceiros é muito importante, visto que, segundo o livro "A Guerra pela Uber", que retrata os podres da expansão da empresa, ao menos 16 colaboradores foram assassinados enquanto trabalhavam pelo aplicativo até 2019.

 

Via: Gizmodo Brasil

Segurança Brasil uber motoristas aplicativo 99
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você