'Game of Thrones' não é mais a série mais pirateada da história

Faz quatro anos que "Game of Thrones" aparece como série mais pirateada do mundo. Ainda não saíram estudos gerais sobre 2016, mas um levantamento parcial divulgado no último fim de semana revela que o programa não está mais no topo.

O novo show mais pirateado da história é "The Grand Tour", que estreou recentemente na Amazon, segundo levantamento realizado pela Muso, uma empresa de análise focada no mercado pirata.

“É o programa mais baixado ilegalmente. Está fora das escalas, em termos de volume”, comentou o diretor comercial da Muso, Chris Elkins, em entrevista ao Daily Mail. “Passou todos os shows grandes, incluindo 'Game of Thrones', pelos totais [obtidos] em diferentes plataformas.”

O primeiro episódio teria sido baixado ilegalmente 7,9 milhões de vezes; o segundo, 6,4 milhões, e o terceiro, 4,6 milhões — um total que passa dos 18,9 milhões. Para efeito de comparação, em 2015, a temporada inteira de “GoT” foi baixada 14,4 milhões de vezes.

Foi por meio de "The Grand Tour" que a Amazon anunciou a expansão do seu serviço de streaming globalmente. Quando a série estreou, em 18 de novembro, a companhia aproveitou para avisar que ela estaria disponível em mais de 200 países.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ