Arqueólogos descobrem templo dedicado a Thor e Odin na Noruega

Estrutura de madeira tem cerca de 1.200 anos e data do período viking, mais exatamente no século VIII: especialistas acreditam que local era usado para sacrifícios de verão e inverno

Rafael Arbulu, editado por Daniel Junqueira 11/10/2020 15h00
Templo viking descoberto na Noruega
A A A

Arqueólogos do Museu Universitário de Bergen descobriram, na Noruega, um templo aparentemente dedicado à adoração de divindades nórdicas como Thor e Odin. Segundo os especialistas, o local data do século VIII e pode ter sido usado pelos vikings para sacrifícios de animais em períodos de verão e inverno.


De acordo com a equipe, o templo é o primeiro do tipo a ser encontrado na Noruega: “Essa é a primeira vez que nós encontramos uma destas construções incrivelmente belas e especiais”, disse Søren Diinhoff, um dos membros da equipe, ao site LiveScience. “Nós sabemos que eles existem na Suécia e na Dinamarca. Isso prova que eles também existem na Noruega”.

Segundo os arqueólogos, a estrutura é feita totalmente em madeira, com medidas de 14 metros de comprimento, oito de largura e 12 de altura. Os nórdicos construíam essas “casas dos deuses”, como elas supostamente eram chamadas, para fins de cultuar e adorar divindades específicas. “É uma expressão mais poderosa de fé do que lugares pequenos para cultuar [deuses]”, disse Diinhoff. “Provavelmente, isso era algo remetido a uma certa classe da sociedade, que construiu essa estrutura como uma espécie de exibição ideológica”.

A “cada dos deuses” foi descoberta mês passado, em Ose, uma vila litorânea localizada na parte oeste da Noruega. As escavações eram parte de uma pesquisa para desenvolvimento de um projeto imobiliário e revelaram indícios de acampamentos agrícolas com algo entre 2 mil e 2,5 mil anos, incluindo ruínas de salões de festas que eram normalmente centralizados em fazendas vikings e suas criações de animais.

Reprodução

Templo descoberto na Noruega serviria para sacrifícios de animais para deuses beneficiarem o verão e o inverno de seus seguidores. Imagem: Museu Universitário de Bergen/Reprodução

A descoberta em Ose, porém, data de um pouco mais tarde que isso, quando vikings e outras civilizações começaram a interagir com maior frequência e os nórdicos passaram a absorver elementos mais pertinentes ao cristianismo. A “casa” em si há muito desapareceu do local, mas os arqueólogos encontraram as suas colunas de sustentação praticamente intactas, o que lhes deu uma boa ideia do visual da estrutura, recriando-a digitalmente conforma imagem no começo deste texto: “Ela provavelmente foi impressionante”, disse Diinhoff.

A julgar pela construção ser do oitavo século da humanidade, cerca de 100 anos depois é que os vikings passariam a figurar entre as civilizações mais temidas, quando começaram a viajar, comercializar e também tomar regiões do norte europeu, Islândia, Groenlândia e até o Canadá.

Fonte: LiveScience

Histórias descoberta arqueologia vikings Arqueólogos
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!

Recomendados pra você