Motorola RAZR V3 conceito

Este conceito do RAZR V3 mostra o que esperar do celular dobrável da Motorola

Camila Rinaldi, editado por Rui Maciel 04/02/2019 12h00
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Com a evolução dos smartphones, parecia que os famosos celulares flip estavam fadados ao esquecimento. Porém, com o desenvolvimento de novas tecnologias, como as telas flexíveis, já é possível sonhar com o retorno destes clássicos ao mercado.


Um dos mais famosos celulares flip do mercado foi o Motorola RAZR V3 que, em 2019, pode ganhar uma nova versão com tela dobrável. Depois que o registro de uma patente da Motorola se tornou público, revelando que a fabricante pode vir a anunciar um celular no estilo flip com tela flexível, muitos conceitos surgiram pela internet. Porém, talvez aquele que se assemelhe mais com os documentos da patente seja o do designer Sarang Sheth.

O conceito do novo RAZR V3 mostra um dispositivo quadrado quando fechado, e que, depois de aberto, se parece com um celular normal. Ouse seja, em vez de um teclado físico - ou algo do gênero - temos apenas uma tela sensível ao toque.

Reprodução

O designer criou um dispositivo com uma proporção de tela de 19:8, e entalhe padrão para a câmera frontal e demais sensores. O dispositivo conta ainda com uma segunda tela, que funcionaria para como a “Exibição de Ambiente” do Android, ou seja, serviria para mostrar o horário, ícones de notificações e outras informações.

A câmera traseira teria uma lente única, posicionada na metade superior do aparelho, e o leitor de impressão digital na metade inferior. Aqui, sinceramente, preferia ver a Motorola adicionando o sensor biométrico sobre a tela principal, porém, talvez isso ainda não seja possível em telas flexíveis.

De acordo com Sheth, não temos a informação sobre os botões de volume ou do botão para ligar e desligar o aparelho. Com isso, neste conceito, o aparelho aparece sem botões físicos.

O designer ainda diz que tentou manter as linhas futuristas dos modelos RAZR, leia-se, um dispositivo com espessura mínima. Contudo, olhando para o desenho do dispositivo, é impossível não se perguntar sobre a capacidade da bateria, como será que a Motorola resolveria as limitações de espaço para a introdução de uma bateria com capacidade suficiente para entregar uma experiência satisfatória?

Reprodução

Em entrevista ao canal Techradar, o presidente da Honor, George Zhao, afirmou que celulares dobráveis ainda não valem a pena, pois a tecnologia não amadureceu o suficiente. Contudo, tenho que discordar de Zhao, visto que a ideia principal do lançamento celulares dobráveis é inovar na área e não trazer algo já consolidado. Já imaginou onde estaríamos na corrida espacial hoje se Elon Musk estivesse esperando até agora por alguém lançar um foguete à órbita e pousá-lo com sucesso para então começar a Space X?

Inovar tem seu preço e a Motorola pode estar entre as primeiras fabricantes a apostar nesta nova tecnologia. Eu realmente gostaria de ver uma variantes com tela flexível da saudosa série RAZR V e você?

Motorola smartphone dobrável
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você