Evento da Apple: 8 novidades boas e ruins dos novos Macs com chip ARM

O último evento do ano da Apple foi marcado pelo anúncio do novo chip M1, novos Macs e macOS Big Sur, mas também trouxe coisas não muito positivas como um aumento de preços no Brasil

Wellington Arruda 10/11/2020 18h10
Tim Cook, CEO da Apple
A A A

Nesta terça-feira (10), a Apple realizou o evento "One more thing" focado em computadores. A empresa anunciou a transição dos chips Intel para o Apple Silicon, baseado na arquitetura ARM, e também lançou novos Macs.


O novo chip da empresa que equipa uma nova geração de computadores é o M1. Ele promete ser mais potente do que SoCs concorrentes tanto na CPU quanto na GPU. Mas, apesar das boas novidades, algumas coisas podem não agradar o público, e nós listamos as principais a seguir.

1. Novo chip ARM para Macs

Reprodução

Novo chip M1, da Apple, promete desempenho superior até mesmo renderizando vídeos em 4K. Imagem: Apple/Reprodução

A grande novidade do dia é o novo chip M1, baseado na arquitetura ARM e fabricado no processo de 5 nanômetros. O chip possui oito núcleos (quatro de desempenho e quatro de eficiência) e pode executar até 11 trilhões de atividades por segundo. A Apple estima que ele seja o chip com melhor desempenho de CPU e GPU, eficiência energética e integração do sistema para computadores pessoais.

2. macOS Big Sur ganha data de lançamento

Reprodução

Novo macOS Big Sur foi projetado com base no chip M1 e traz características que lembram os sistemas móveis iOS e iPadOS. Imagem: Apple/Reprodução

Anunciada em junho, a nova versão do sistema operacional da Apple para computadores será lançada na quinta-feira (12). A companhia fez o anúncio de lançamento do macOS (11.0) Big Sur na apresentação. Ela também liberou para os desenvolvedores, hoje, a segunda versão "Release Candidate" (provável versão final) do macOS Big Sur 11.0.1.

3. Duração de bateria

De acordo com a Apple, os novos MacBooks possuem a maior longevidade de bateria já disponibilizada em um Mac. O MacBook Pro 13", por exemplo, pode navegar em redes sem fio por até 17 horas ou reproduzir vídeos por até 20 horas. Já o MacBook Air tem autonomia, nas mesmas condições, de 15 horas e 18 horas.

Em caráter de curiosidade, os novos MacBooks trazem um carregador na caixa. No MacBook Air, o adaptador USB-C possui 30W de potência, e no Pro ele possui 61W. A Apple, inclusive, cita que eles têm o melhor desempenho por watt do mercado de laptops.

4. Integração de aplicativos

A Apple também destacou no dia de hoje a integração dos aplicativos em dispositivos da marca. Com o Universal Apps, usuários e desenvolvedores deverão experimentar apps feitos para a arquitetura da Intel no novo M1 sem problemas, por exemplo. Já os títulos não otimizados devem funcionar normalmente graças à tecnologia Rosetta 2. Por fim, a nova arquitetura da Apple permite que apps do iPhone e iPad sejam executados no Mac.

5. Novos Macs

Reprodução

Craig Federighi, VP sênior de engenharia de software da Apple, mostra função de despertar Macs rapidamente. Imagem: Apple/Reprodução

Junto de tudo isso, a Apple também apresentou três novos computadores: Mac mini, MacBook Air e MacBook Pro de 13 polegadas. Os novos modelos substituem alguns que utilizam chip Intel, mas algumas versões ainda contam com a tecnologia da empresa. Todos os três trazem o novo chip M1 e opções com até 16 GB de RAM e 2 TB de armazenamento SSD.

6. O preço subiu

Também hoje, a Apple reajustou os preços sugeridos para toda sua linha de computadores. O novo Mac mini custa a partir de R$ 8.699, mas antes custava R$ 7.899. Já o MacBook Air teve aumento de R$ 10.229 para R$ 12.999. O MacBook Pro 13", que agora custa R$ 17.299, tinha preço de R$ 14.229. Vale mencionar que os valores são para as versões de base com 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento SSD.

7. A câmera FaceTime não evoluiu

Reprodução

Novos modelos de MacBook anunciados hoje contam com a mesma câmera HD da geração passada. Imagem: Apple/Reprodução

Algo que podemos constatar é que as câmeras da maioria dos laptops não possui qualidade excepcional. No caso dos novos MacBooks, não houve nenhum upgrade. Tanto o MacBook Pro quanto o MacBook Air continuam com a câmera FaceTime HD de 720p. Segundo a Apple, o novo chip M1 pode melhorar a qualidade de imagem, apesar do hardware da câmera.

8. Sem modelo de 16 polegadas

Outra coisa que ficou de fora do evento de hoje foi um novo modelo do MacBook Pro com tela de 16 polegadas. Até então, o portfólio da Apple tem apenas este modelo de laptop com placa gráfica dedicada. Havia expectativa para o seu lançamento, mas a empresa não comentou quando poderá lançar uma atualização para o computador.


Mac Apple macbook macbook pro macOS MacBook Air
Assinar newsletter
Assine nossas newsletters e receba conteúdos em primeira mão
enviando dados - aguarde...
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!

Recomendados pra você