Google Play Music perde compatibilidade com assistentes domésticos

Serviço de streaming do Google vem passando por transição para o YouTube Music, que deve ser finalizada até o fim do ano

Da Redação, editado por Daniel Junqueira 20/10/2020 20h15
Play Music
A A A

O Google retirou a compatibilidade do Google Play Music com assistentes inteligentes como Home e o Nest, da própria empresa, e também de aparelhos de outros fabricantes. O objetivo é marcar, cada vez mais, o YouTube Music como sua principal plataforma de streaming musical.


Ao conectar um assistente a um telefone, é possível identificar a perda da compatibilidade dentro das configurações do dispositivo. Entre os diversos serviços de streaming que estão integrados aos aparelhos não consta o Play Music. Em seu lugar, no entanto, entra o YouTube Music, o serviço principal do Google no momento. Ele é a grande aposta da empresa para concorrer com outros aplicativos consolidados no mercado, como o Spotify e o Apple Music.

A ferramenta de integração facilita, por exemplo, a execução de canções por comando de voz. É o grande trunfo da compatibilidade entre assistentes e serviços de música, por sua praticidade e integração com outros aparelhos do usuário.

Reprodução

YouTube Music é a principal aposta do Google para substituir o Play Music no mercado dos streamings. Foto: dennizn/Shutterstock

Assim, com o Google Play Music inabilitado para cooperar com assistentes de casa, fica claro o objetivo do Google de forçar o restante de assinantes deste serviço a migrar para o Youtube Music.  Ainda em outubro, o Play Music sofreu outro grande revés, com o desligamento completo de sua loja de músicas em todo o mundo. O modelo de compra de músicas avulsas perdeu grande espaço com a chegada dos serviços de assinatura, e foi um dos pontos que levou o Google a optar por descontinuar o serviço.

Nova Aposta

Todo este processo faz parte da transição do Play Music para o serviço do YouTube que deverá se completar até o fim do ano. Os usuários que assinam o serviço já receberam notificações que devem migrar seus dados até o fim do período, para não perderem informações.

O Google não conseguiu emplacar um concorrente forte entre os principais serviços de streaming. Diferentemente da Apple, que teve melhores resultados com seu aplicativo, a empresa terá que partir para uma nova aposta: a de solidificar o YouTube Music como seu nome neste mercado.

Fonte: Android Police

Google Youtube google play música
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!.

Recomendados pra você