microsoft edge

Microsoft anuncia melhorias para o 'novo' Edge; veja o que muda

Renato Santino, editado por Daniel Junqueira 19/05/2020 12h00
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Navegador tem passado por transformações grandes desde que migrou para a plataforma Chromium

Durante a Build 2020, a Microsoft anunciou uma reformulação importante em seu navegador, o Edge. O browser, que já passou por uma renovação importante quando adotou o Chromium, ganhou uma série de recursos novos e exclusivos para se diferenciar dos outros programas que têm a mesma base.


As novidades incluem recursos tanto para o consumidor final, que pode usar o Edge em situações de lazer, quanto para o uso profissional, voltados para quem depende do navegador para o trabalho. Neste sentido, talvez a maior novidade seja a possibilidade de configurar múltiplos perfis no mesmo browser, especialmente neste momento de pandemia em que muitos usam o mesmo equipamento para as duas situações em suas casas.

Com um recurso chamado Automatic Profile Switching, o navegador entende quando o usuário está tentando acessar um link de trabalho. No exemplo da Microsoft, vamos supor que você esteja usando o navegador com seu perfil pessoal. Se você clicar em um link relacionado ao seu trabalho, será necessário fazer login novamente, criando atrito na experiência de diferentes perfis. Com o novo recurso, o browser reconhece que o endereço é vinculado à sua atividade profissional e é capaz de abrir o link diretamente no perfil de trabalho.

Para o público consumidor, o Edge aprofundou o recurso Coleções, que ganhou integração com o Pinterest. Agora, quando o usuário estiver fazendo suas pesquisas para buscar inspiração para algum projeto, poderá ver algumas sugestões automáticas do Pinterest para incrementar sua coleção.

O Edge também ganhou uma barra de buscas lateral que visa evitar que o usuário se distraia na hora de procurar mais informações sobre algum tema apresentado em alguma página na web. Com isso, é possível procurar o significado de palavras e frases sem perder a concentração no conteúdo, e precisar abrir uma nova aba.

Já para o uso profissional, a Microsoft preparou o Edge para se adaptar à realidade de pessoas trabalhando de suas casas em vez de utilizar equipamento de suas empresas em escritórios. Com isso, as opções de sincronização de informações entre múltiplos navegadores poderão ser controladas por administradores de TI. Assim, elementos delicados, como senhas, por exemplo, podem ter sincronização restrita em dispositivos que não pertençam à companhia.

Uma outra mudança no Edge mirando o público que usa o navegador para trabalho. O Bing ganhou uma nova aba de Trabalho, que será acessível para usuários do Microsoft 365 (o novo nome do Office 365). Quando a pessoa usa sua conta profissional vinculada ao navegador, ele pode pesquisar por pessoas, documentos, sites internos e outros elementos diretamente do buscador no Edge.

Para o desenvolvedor

A Microsoft anunciou também algumas coisas importantes para quem desenvolve para web. A mais interessante é relacionada aos Progressive Web Apps (PWAs), que nada mais são que sites que funcionam quase como aplicativos instalados nativamente no sistema e podem ser acessados até mesmo se o navegador estiver fechado.

Com o Edge no Windows 10, os PWAs poderão ser gerenciados diretamente pela área de Configurações do sistema operacional. Eles também podem ser fixados no Menu Iniciar do sistema para facilitar o acesso.

Mais sobre a Build 2020:

Navegadores Microsoft browser EDGE
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você