Motorola Edge

Motorola Edge custará US$ 700 e terá armazenamento aprimorado nos EUA

Victor Pinheiro 30/06/2020 12h06
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Ainda indisponível no mercado, versão norte-americana do modelo intermediário deve contar com 265 GB de capacidade de armazenamento, frente aos 128 GB de variantes internacionais

A Motorola revelou nesta terça-feira (30) que o Motorola Edge terá preço base de US$ 700 (R$ 3.780 em conversão direta) nos Estados Unidos. Apresentado em abril deste ano ao lado do topo de linha Edge Plus, que já é comercializado no país, o smartphone intermediário ainda não tem data confirmada para lançamento no mercado norte-americano.


De acordo com o Engadget, a empresa ainda anunciou que o Edge deve chegar aos Estados Unidos com aprimoramentos de configuração. O celular vai apresentar 6 GB de memória RAM e 256 GB de capacidade de armazenamento, frente aos 128 GB de armazenamento presentes em variantes internacionais.

Motorola Edge. Imagem: Divulgação/Motorola

Outro destaque é que o aparelho intermediário não terá vínculos exclusivos com o serviço de operadoras. Com preço de lançamento de US$ 1 mil (R$ 5400 em conversão direta), a linha Edge Plus é exclusiva para clientes da norte-americana Verizon.

As demais especificações e características do Edge permanecem as mesmas já reveladas pela Motorola anteriormente. Assim como a versão premium, o modelo conta com tela Full HD+ de 6,7 polegadas, taxa de atualização de até 90Hz, e suporte para conexão 5G.

Em relação ao conjunto de câmeras, os dois dispositivos apresentam lentes grande angular de 16MP e teleobjetiva de 8MP. Porém, enquanto o sensor principal do Edge possui 64 MP, a câmera do Edge Plus tem 108 MP.

Além disso, uma das principais diferenças está no processador. O Edge é equipado com um chip Snapdragon 765, já a versão premium conta com um poderoso Snapdragon 865 e 12 GB de memória RAM.

Motorola Edge Plus. Imagem: Divulgação/Motorola

O Edge Plus ainda supera a linha intermediária no quesito capacidade de bateria. O topo de linha possui 5.000 mAh, diante de 4.500 mAh do aparelho convencional. Os dois modelos, no entanto, oferecem carregamento de 18 Watts quando carregados por dispositivos com fio, e de 15 Watts por indução.

Ainda não há previsão sobre o lançamento do Edge no mercado brasileiro. Em abril, a Motorola informou que a linha chegará ainda este ano a mercados selecionados da América Latina.

Fonte: Engadget

Celulares Smartphones Motorola smartphone motorola edge
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você