Motorola Razr

Motorola marca nova data de lançamento de seu celular de tela dobrável

Renato Santino, editado por Daniel Junqueira 22/01/2020 17h40
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Previsão inicial de lançamento do Motorola Razr era 26 de dezembro

O celular de tela dobrável da Motorola, o Motorola Razr, inspirado no clássico V3, desejo de consumo de muitos jovens na década de 2000, ganhou uma nova data para chegar ao mercado. O dispositivo anunciado em novembro do ano passado, deveria ter chegado às lojas em 26 de dezembro, mas a operadora americana Verizon agora confirma o início da pré-venda para o dia 26 de janeiro e sua chegada às lojas em 6 de fevereiro.


A Motorola não chegou a dar uma explicação clara pela qual decidiu atrasar o lançamento do seu produto. Uma semana antes da data prevista, a companhia emitiu um comunicado afirmando que “decidiu ajustar a pré-venda do Razr e o momento de lançamento para atender melhor à demanda dos consumidores”, apontando que gostaria de mais tempo para “determinar a quantidade e o cronograma apropriados”.

Tirando a data atrasada em um mês, nada muda em relação aos planos originais da Motorola. O aparelho continua com o preço sugerido de US$ 1.500 e todas as suas especificações seguem iguais, com o painel dobrável escondido sob a carcaça de um celular de flip clássico de duas décadas atrás, unindo um design retrô nostálgico com o que há de mais moderno na tecnologia de displays para celulares.

A Motorola também havia anunciado que o Razr seria lançado no Brasil em janeiro deste ano, mas não se sabe se os planos se mantiveram com o adiamento no exterior. Sabe-se que a companhia havia confirmado que a montagem do aparelho seria feita no Brasil, mas não havia qualquer previsão de preço. Quando questionada pelo Olhar Digital, a assessoria da Motorola limitou-se a dizer que “assim que tivermos mais informações vamos compartilhar”.

O lançamento da Motorola é importante para tentar estabelecer o mercado ainda incipiente de celulares com tela dobrável. Até o momento, os únicos modelos de marcas conhecidas são o Galaxy Fold, da Samsung, e o Mate X, da Huawei, ambos caríssimos, custando US$ 2.000 ou mais e encarando questões importantes sobre usabilidade e durabilidade. O formato diferente do Razr na comparação com os outros dois pode indicar um caminho alternativo para a tecnologia.

Quer saber o que esperar do novo Motorola Rarz dobrável? Confira as primeiras impressões do Olhar Digital, que já testou o celular.

Razr smartphone dobrável dispositivo dobrável celular dobrável dobrável motorola razr
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você