Novidades no Messenger o deixam mais parecido com o Instagram

Aplicativo abandonou as cores azul e branco para refletir 'mudança para o futuro'; novos temas para os bate-papos também foram adicionados

Guilherme Preta, editado por Fabiana Rolfini 14/10/2020 11h16
Novo logotipo Messenger
A A A

O Facebook tem atualizado seus aplicativos de mensagem, inclusive integrando-os. Agora, a rede social disponibilizou uma nova atualização para o Messenger, com novos logotipo e temas para os bate-papos. Segundo a empresa, isso "reflete uma mudança para o futuro das mensagens, uma forma mais dinâmica, divertida e integrada de se conectar". O novo visual lembra o do Instagram, com tons de roxo e azul.


Além da logo, o Messenger recebeu novos temas para o chat. Agora, eles podem ser um pouco mais coloridos. Em vez de mensagens enviadas em balões simples, é possível seguir o padrão de cor do logotipo, com variações de roxo, azul e rosa, além de alterar o papel de parede das conversas.

Nos últimos meses, o Facebook dá um grande destaque para o aplicativo, com a adição de novos recursos. As conversas em grupos e a possibilidade de assistir a vídeos com amigos já estão disponíveis. Além delas, porém, há uma série de novos recursos que estão sendo implementados aos poucos e que devem chegar em breve a todos os usuários. Os adesivos de selfies, o modo de desaparecimento de mensagens, que somem automaticamente após um tempo predeterminado, são apenas alguns exemplos.

ReproduçãoAplicativo também ganhou novos temas para o chat. Foto: Facebook

Por fim, para definitivamente integrar seus aplicativos, a rede social já anunciou que vai permitir que usuários se comuniquem entre os apps. Dessa forma, é possível que alguém envie uma mensagem pelo Messenger e o amigo a receba por meio do Instagram. O contrário, claro, também será possível, e o usuário que vai determinar em qual dos mensageiros vai receber suas mensagens. Com isso, não será mais necessário ter conta nos dois.

Facebook atualiza termos de uso 

Esta, porém, não é a única atualização feita recentemente pela rede social. Demorou, mas o Facebook enfim tomou uma medida mais definitiva contra conspiracionistas que usam a plataforma para veicular conteúdos de negacionismo ao Holocausto provocado pelos nazistas na Segunda Guerra Mundial.

Desde a semana passada, a empresa fundada por Mark Zuckerberg se vale de uma atualização em sua política contra o discurso de ódio para proibir qualquer conteúdo que contradiga os registros históricos de um dos conflitos mais terríveis da humanidade.

A medida foi anunciada no blog oficial da rede social, em uma postagem assinada por Monica Bickert, vice-presidente de prática de conteúdo do Facebook. Ela afirma que a mudança veio após um crescimento em publicações antissemitas; termo usado para definir ataques a seguidores do Judaísmo. Tais pessoas foram uns dos principais alvos do regime nazista instituído na Alemanha por Adolf Hitler, o führer ("líder", em alemão) do chamado "Terceiro Reich".

Via: Messenger News

Facebook Messenger instagram rede social facebook messenger aplicativo
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você