Quais tipos de arquivos piratas são mais perigosos para o PC?

Jogos e programas têm muito mais chance de conter vírus do que filmes e música pirata; no entanto, download ilegal ainda é considerado crime

Daniel Junqueira 01/08/2020 16h00
Pirataria
A A A

É bastante comum ouvir por aí que baixar conteúdo pirata pode prejudicar o seu computador. Mas até que ponto esse risco existe? O TorrentFreak publicou um artigo sobre a questão, destacando quais são os conteúdos mais perigosos de se baixar ilegalmente.


O download de filmes, jogos, séries, músicas e até softwares, representam, por si só, um tipo de crime: a violação de direitos autorais. No entanto, muitos defendem que isso é apenas um dos problemas da pirataria, e que seria comum que esses arquivos viessem cheios de vírus e outras ameaças para o computador.

É fato que o download ilegal é arriscado: não há como ter certeza de que o arquivo anunciado é de fato o que você quer. Às vezes uma música pode aparecer com nome diferente, ou, em casos extremos, não ser sequer um arquivo de música, e sim um executável que instala ameaças.

Mas o TorrentFreak destaca que, para muitos dos que alertam sobre os potenciais malefícios, há por trás o interesse de apenas diminuir a pirataria, e não necessariamente aumentar a segurança de usuários.

Música? Filme? O que é realmente perigoso?

Arquivos de vídeo não são conhecidos por acompanhar malwares, diz o TorrentFreak. Então é pouco provável que um filme baixado ilegalmente instale um vírus no seu computador. Mas isso não significa que a pirataria não representa nenhum tipo de risco para a segurança.

Softwares - seja uma versão pirata do PhotoShop, ou até mesmo uma cópia ilegal de um jogo - são as verdadeiras ameaças. Por contarem com arquivos executáveis, eles ganham acesso aos registros do computador e podem instalar malwares sem que o usuário perceba.

O TorrentFreak exemplifica com casos reais: softwares anunciados no Pirate Bay, um dos principais sites de torrent do mundo, que parecem uma coisa mas são outras. Anunciados como ferramentas de download de vídeos do YouTube, jogos populares, ou mesmo ferramentas básicas como o WinRAR, muitas vezes esses torrents baixam arquivos curtos que não são nada do que se espera.

No caso abaixo, diversas opções de download contam com o mesmo tamanho - 14,15 MB. A chance de ser malware é bem grande.

Reprodução

Não significa, no entanto, que apenas arquivos pequenos são perigosos: às vezes, mesmo instalando o software desejado, a versão pirata pode colocar também malwares no seu computador.

Além do fato da pirataria ser crime, existem outros motivos para ficar longe dela em relação a programas de computador: existem opções gratuitas seguras e que oferecem praticamente os mesmos recursos que softwares pagos. Assim, compensa mais buscar alternativas baratas do que se arriscar e acabar prejudicando o seu computador.

Via: TorrentFreak

Torrent Pirataria torrentfreak antipirataria
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!.

Recomendados pra você