Space X Crew Dragon

SpaceX revela motivo de explosão da nave espacial em abril

Redação Olhar Digital 15/07/2019 22h33
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Companhia detalhou os motivos da falha. Data para novo lançamento não foi divulgado

A SpaceX diz ter descoberto a causa da explosão de uma das suas naves espaciais durante teste, realizado em abril. Uma válvula acidentalmente vazou uma parte do propulsor da aeronave, iniciando uma reação em cadeia que causou a explosão.


A espaçonave que a SpaceX perdeu foi uma versão teste da Crew Dragon da empresa, uma cápsula que está sendo construída para a NASA levar os astronautas de e para a Estação Espacial Internacional. Esta cápsula, em particular, foi o primeiro Crew Dragon que a SpaceX já havia lançado no espaço.

Em março, o veículo – sem tripulação – pousou na Estação e retornou ao EUA com sucesso. Mas, durante um dos testes de rotina no dia 20 de abril, a cápsula explodiu e lançou um gás laranja no céu.

Desde então, a SpaceX, em conjunto com a NASA, vem trabalhando em uma investigação para saber as causas do acidente. Com a descoberta do vazamento, a empresa diz que a apuração está concluída em 80%, mas segundo Hans Koenigsman, vice-presidente de confiabilidade de construção e voo da SpaceX, é difícil precisar quanto tempo isso levará para ser concluído. 

A companhia acredita que o problema se originou no sistema de aborto emergencial, que consiste em uma série de pequenos propulsores embutidos na cápsula. Se tudo correr bem durante uma missão, esses minúsculos propulsores nunca devem ser usados. Mas se houver algum tipo de falha durante um lançamento futuro, os propulsores podem acender e levar o Crew Dragon para longe de um foguete em desintegração.

Segundo a SpaceX, uma válvula com vazamento fez com que o propulsor se cruzasse com outro sistema – um de pressão realmente alta. Quando essa contaminação ocorreu, os líquidos se misturaram, causando uma falha em componentes, o que resultou na perda total da cápsula.

A companhia substituirá todas essas válvulas por outro componente conhecido como disco de ruptura, que de acordo com Koenigsman, deve ser muito mais confiável.

Antes da explosão, a SpaceX planejava lançar seus primeiros astronautas até o final do verão. Após o incidente, a companhia de Musk não deixou claro quando o Crew Dragon vai voar novamente. “Minha prioridade é garantir que isso seja seguro”, disse o vice-presidente. “Então, talvez seja possível até o final do ano, mas está ficando cada vez mais difícil”.

Confira o vídeo do momento da explosão: 

Fonte: The Verge

Nasa espaço space x nave espacial
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você