Rumor: HTC fará smartphones Nexus do Google pelos próximos três anos

De acordo com o site chinês MyDrivers, os próximos smartphones da linha Nexus do Google serão fabricados pela empresa chinesa HTC. Além disso, o Google teria firmado um acordo de três anos com a empresa, que seria a única fabricante dos dispositivos por esse período de tempo.

Os dispositivos da linha Nexus são geralmente criados pelo Google em parceria com empresas diferentes a cada ano. Os últimos smartphones da linha, o Nexus 5X e o Nexus 6P, foram fabricados em parceria com a LG e a Huawei, respectivamente. Antes deles, o Nexus 6 havia sido desenvolvido em colaboração com a Motorola. Uma colaboração de três anos com uma só marca seria, portanto, uma mudança notável para a linha.

A cooperação de longo-prazo com a HTC, por outro lado, faria sentido. A empresa já tem uma relação de longa data com o Google, tendo sido responsável, segundo o Droid-Now, tanto pelo primeiro smartphone com Android quanto pelo primeiro celular da linha Nexus (em 2010), além do tablet Nexus 9 de 2014. Além disso, a ideia de um acordo mais duradouro com uma só fabricante pode ser reflexo da vontade do Google de ter mais controle sobre o design dos aparelhos, deixando a fabricação para outra empresa.

Próximos Nexus

A HTC está presente também nos rumores sobre os próximos dispositivos da linha. De acordo com o Phone Arena, serão dois smartphones produzidos pela empresa, um deles com tela de 5 polegadas, o outro com tela de 5,5 polegadas. Por ora, eles atendem pelos codinomes de T50 e T55, segundo o tamanho de suas telas.

Embora ainda seja cedo e pouco se saiba de fato sobre os novos aparelhos, vale notar que os primeiros rumores sobre o envolvimento da Huawei com o Nexus 6P começaram a aparecer em fevereiro de 2015, conforme aponta o Pocket Now.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ