EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O foguete Falcon 9, da SpaceX, está pronto para o 12º lançamento neste ano. O objetivo é fazer com que a cápsula Cargo Dragon seja enviada para a Estação Espacial Internacional. Além disso, a ideia da empresa é verificar se o foguete que impulsiona a cápsula, após ser reaproveitado duas vezes em missões anteriores, ainda pode ser usado.

O lançamento aconteceria hoje (4) no Complexo de Lançamento da Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, porém ele foi adiado para amanhã (5), e marca a 20ª missão orbital envolvendo cápsulas Cargo Dragon, e a 19ª da Estação Espacial para reabastecimento de seus recursos. Essa missão também mostra que a SpaceX é de longe a principal especialista em recuperação e reutilização de naves orbitais.

publicidade

 

Previsão de decolagem estava programada para hoje (4) às 14:51 (horário de Brasília), mas foi adiada para a mesma hora amanhã (5). A missão CRS-19 fará com que a cápsula Cargo Dragon C106 seja lançada ao espaço. Quem assistir à decolagem também pode esperar ver a tentativa do Falcon 9 de pousar a bordo do ponto de pouso “Of course I Still Live You”.

Histórico de pousos bem-sucedidos

Depois que o lançamento do Falcon Heavy Block 5 foi concluído no início deste ano, a SpaceX ultrapassou o número de foguetes recuperados até então.

Em 2019, a SpaceX realizou lançamentos da Falcon Heavy, com quatro foguetes que impulsionaram suas cápsulas, e missões da Falcon 9, com dois foguetes para impulsionar as cápsulas – serão três após o CRS-19.

Em outras palavras, até hoje, sete lançamentos da Falcon 9 neste ano envolveram foguetes de impulso que foram recuperados – o que equivale a mais de 75% das missões. De fato, isso foi tão importante para a empresa, que a produção de novos foguetes foi diminuída na intenção de usar os já existentes em dezenas de outras missões.

Para mostrar ao público os acertos da empresa, a SpaceX vai realizar uma transmissão pelo YouTube do momento exato do voo. A ‘live’ será iniciada minutos antes da decolagem do foguete. Para assistir, basta clicar aqui.