Instituições de diversos países do mundo estão trabalhando em busca de uma vacina contra o novo coronavírus. Essa conquista, porém, deve demorar pelo menos um ano. É o que indica a previsão “otimista” da Agência Europeia de Medicamentos (EMA).

“São previsões baseadas no que vemos. Mas devo enfatizar que isso seria na melhor das hipóteses”, afirmou Marco Cavelari, diretor de estratégia da EMA. “Sabemos que as vacinas em desenvolvimento podem não ser autorizadas e desaparecer”, acrescentou.

publicidade

Reprodução

A agência também está trabalhando em 115 tipos de tratamentos para o coronavírus. Segundo Cavelari, alguns destes podem ser aprovados já no início do verão do Hemisfério Norte, que vai de 20 de junho a 23 de setembro.

Alguns países como Estados Unidos e China, por outro lado, estão hesitantes em relação a apoiar a campanha de financiamento global para pesquisas relacionadas a uma possível vacina defendida pela União Europeia.

Via: Uol