A NBA, liga de basquete dos Estados Unidos, está definindo os últimos detalhes para a volta de sua atual temporada, interrompida por conta da pandemia do coronavírus. Após decidir uma mudança de formato e que todos os envolvidos nos jogos ficarão isolados em hotéis do complexo Disney, onde também acontecerão as partidas, foram divulgados os detalhes de como será a vida dos atletas no isolamento. A nova rotina vai incluir o uso dos anéis inteligentes Oura para monitorar sintomas.

De acordo com o portal The Athletics, o uso dos anéis pelos jogadores será opcional e as equipes só terão acesso aos dados coletados se forem detectadas “pontuações de probabilidade de doença”, o que levaria os atletas a uma consulta médica.

publicidade

Outro equipamento tecnológico vai ser usado para evitar que as pessoas se aproximem a menos de um metro por muito tempo: pulseiras que emitem um sinal sonoro em caso de aproximação prolongada.

Reprodução

Uso do anel inteligente será opcional aos jogadores. Foto: Reprodução

Recentemente, os resultados do estudo do Instituto de Neurociências Rockefeller, da Universidade de West Virginia, mostraram que os anéis Oura podem “prever o aparecimento de sintomas relacionados à Covid-19 com três dias de antecedência e com 90% de precisão”.

O acessório possui sensores infravermelhos, de temperatura corporal, um acelerômetro e um giroscópio. Além disso, tem a capacidade de reter até seis semanas de dados, que podem ser sincronizados com smartphones.

Via: Engadget