EnglishPortugueseSpanish
publicidade

No começo de setembro, o Google revelou planos ousados para a construção de um novo campus, em San Jose, na Califórnia. Agora, a empresa revelou mais detalhes sobre a instalação. Em um vídeo divulgado pelo canal Downtown West San Jose no YouTube, é possível ter uma visão do que a gigante da internet pensa sobre seu novo campus. Além disso, o Google divulgou um longo documento em PDF sobre a instalação.

Ao contrário do que costuma ser um empreendimento de grandes empresas, o novo campus se parece mais com um bairro, com diversas instalações e áreas verdes. Além disso, metade do complexo está reservada para espaços residenciais e outros estabelecimentos que serão abertos aos moradores da região.

publicidade

O Google também pretende construir edifícios para organizações sem fins lucrativos, espaços para fabricantes e varejo, um hotel e espaços para eventos e shows ao vivo. No campus, há até uma área reservada para food trucks. Também serão pelo menos 10 parques e trilhas espalhados pela instalação.

Alexa Arena, líder distrital do Google em San Jose, afirmou que o empreendimento foi projetado com a mudança climática em mente. Quase todos os edifícios vão contar com painéis solares e outros tipos de energia renovável. Até mesmo os telhados estarão alinhados para otimizar o aproveitamento da energia do Sol. Outro ponto que a empresa considerou é a redução do uso de carros.

ReproduçãoGoogle divulgou novas informações sobre futuro campus na Califórnia. Foto: Divulgação

publicidade

A construção será feita para permitir que 65% do campus seja acessado com o uso de bicicleta, transporte público e a pé. Além disso, a instalação terá áreas de observação ecológica, a fim de aumentar a conscientização sobre várias questões ambientais. Isso representa “um grande passo à frente na luta do Google contra a mudança climática, que podemos vivenciar de forma tão aguda no norte da Califórnia hoje”, destacou Arena.

O plano da empresa é construir 30 edifícios e cerca de 4 mil unidades habitacionais para abrigar cerca de 25 mil funcionários. No momento, o Google está pedindo a opinião das pessoas sobre o projeto, que ainda não é definitivo e precisa ser aprovado em 2021.

Via: Engadget